Criam motor elétrico sem ímanes, que transmite a potência por indução

Tecnologia promete equilíbrio entre eficiência e sustentabilidade ao dispensar o uso de minerais raros

0 aos 100 03/06/2021 Curiosidades

É a última novidade em termos de tecnologia no campo dos veículos elétricos: um motor elétrico sem ímanes que não requer as chamadas terras raras, o que permite uma produção mais ecológica, além de vantagens em termos de custos e eficiência.

Segundo a Mahle, que apresentou a inovação, a potência é transmitida por indução, o que permite que o motor funcione sem desgaste e com muita eficiência a altas velocidades.

Tecnologia da Fórmula E

A fabricante alemã de peças para a indústria automóvel adianta ainda que a eficiência está acima de 95% em quase todo o processo operacional, nível que até agora só havia sido alcançado nos monolugares de Fórmula E.

Veja ainda:

O motor, que ainda não tem nome, não possui conexão física, nem ímanes. A energia é passada ao rotor sem contato físico, por meio de indução, através de uma bobina carregando corrente alternada. O que induz uma corrente no eletrodo receptor, que fica no rotor.

As bobinas de cobre que existem são energizadas e produzem o campo eletromagnético necessário para mover o rotor. Por não ter ligação física, há menos desgaste nas peças.

“Não há contatos para transmitir eletricidade, não há formação de pó e nem desgaste mecânico”, afirmou o responsável de pesquisa da Mahle, Martin Berger.

E, por não haver ímanes, não existe a necessidade de utilizar elementos do chamado grupo de “terras raras”, como o disprósio e o térbio, por exemplo. Por dispensar estes metais raros, o motor é mais sustentável e barato de produzir.

“Com nosso novo motor elétrico cumprimos a nossa responsabilidade como uma empresa que opera de forma sustentável. Dispensar os ímanes e, portanto, o uso de minerais raros. oferece um grande potencial não só do ponto de vista geopolítico, mas também no que diz respeito ao uso responsável da natureza e dos recursos”, sublinha Michael Frick, Presidente do Conselho de Administração da MAHLE.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador
Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída