Cartão Soc. Com. C. Santos faz cinco anos e apoia a APPACDM da Maia

Receitas revertem a favor da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) da Maia

0 aos 100 30/04/2021 Noticias

A Sociedade Comercial C. Santos assinala cinco anos do seu cartão de crédito com uma iniciativa solidária, com receitas a favor da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) da Maia. A ação insere-se no projeto solidário Soc. Com.unity.

Assim, 5% do valor transacionado com o cartão nas instalações da empresa ao longo do mês de maio irá reverter para a APPACDM da Maia.

Esta iniciativa conjunta do concessionário Mercedes-Benz e smart com o Montepio Crédito irá contribuir para a angariação de fundos para a remodelação da antiga escola primária de Cristal, instalações cedidas pela Câmara Municipal da Maia à APPACDM local para a criação de um Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão (CACI).

“Esta ação conjunta com o nosso parceiro Montepio Crédito permite-nos contribuir com fundos e, acima de tudo, ajudar à notoriedade e sensibilização do público para os desafios inerentes à vida do cidadão com deficiência mental”, explica o responsável pelo cartão de crédito da Sociedade Comercial C. Santos, Filipe Ferreira.

Veja ainda:

“O Montepio Crédito apoia desde a primeira hora esta iniciativa promovida pelo nosso parceiro Sociedade Comercial C. Santos e é com muito gosto que o fazemos, já que se insere no nosso valor de compromisso social, que muito prezamos. Honra-nos poder fazer parte do objetivo de integração e reconhecimento de 30 jovens adultos do Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão da APPACDM da Maia e fazemos votos pelo sucesso desta ação”, afirma Tiago Teixeira, diretor de marketing do Montepio Crédito.

Centro acolherá 30 jovens e adultos

A APPACDM da Maia presta apoio diário a jovens a adultos com debilidade intelectual e desenvolvimental, através de um conjunto de atividades terapêuticas, lúdicas e de integração social e profissional, com o objetivo de potenciar a qualidade de vida destes cidadãos e paralelamente das suas famílias. Para tal, é necessário criar um conjunto de infraestruturas adaptadas à singularidade de cada individuo, com as devidas características de acesso e circulação sem barreiras, bem como ao equipamento das salas de atividades, com os materiais terapêuticos necessários à intervenção técnica. Foi nesse sentido que a Câmara Municipal da Maia da Maia cedeu à instituição uma antiga escola primária, na freguesia de Águas Santas, com vista à sua transformação em CACI.

“Após aprovação do projeto de remodelação, estamos agora em condições de dar corpo a este programa. O apoio de todos é fundamental para o sucesso do projeto, que prevê a integração de 30 jovens e adultos, com diferentes níveis de capacidade, num percurso de vida apoiado, que lhes permitirá sonhar com um futuro de plena integração e reconhecimento”, refere o presidente da direção da APPACDM da Maia, Jaime Teixeira.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!
Ao volante do Hyundai Kauai Hybrid. Inteligência funcional