Os F1 de 2019: este é o Mercedes W10

Equipa tentará alcançar o seu sexto título mundial de construtores, com Lewis Hamilton e Valtteri Bottas

0 aos 100 13/02/2019 Desporto

A Mercedes revelou esta quarta-feira o Fórmula 1 para 2019, temporada na qual tentará alcançar o seu sexto título mundial de construtores, feito igualmente perseguido pelo seu piloto britânico, Lewis Hamilton, atual detentor do cetro.

Apesar do favoritismo atribuído ao campeão do mundo nos últimos dois anos consecutivos, o diretor-executivo da Mercedes-AMG, Toto Wolff, admitiu à página eletrónica da marca alemã que a época constitui “um novo desafio”, lembrando que a nova regulamentação aerodinâmica do monolugar poderá ditar consequências na correlação de forças da classe mais popular do automobilismo mundial.

“Os regulamentos mudaram substancialmente. Tivemos de começar do zero e precisamos de nos provar novamente - contra as nossas próprias expectativas e contra os nossos concorrentes. Começamos a temporada com zero pontos, pelo que não estamos a dar nada como certo, nem há absolutamente nenhum sentimento de direito de estar na frente”, frisou Wolff, olhando para cada concorrente como “uma ameaça em potencial” que “pode ter uma chance pelo título”.

A equipa “trabalhou duro nas suspensões e nas características aerodinâmicas para produzir um carro muito mais macio com os seus pneus”, cuja degradação tem sido o principal ponto fraco observado nos últimos anos, de acordo com o diretor técnico James Allison.

Relacionadas:

O W10 conserva a maioria das características dos modelos antecessores, além das tradicionais cores prata, azul-turquesa e preto da Mercedes.

Antes do arranque da pré-temporada, que começa na próxima segunda-feira em Barcelona, Espanha, o novo Mercedes já pisou o asfalto do circuito de Silverstone, em Inglaterra, primeiro com Valtteri Bottas ao volante e depois com Lewis Hamilton, que cumpriram as primeiras voltas em filmagens promocionais.

“Estamos ansiosos para começar a trabalhar em Barcelona, para nos compararmos com as nossas próprias simulações e ver se as nossas previsões se materializam na pista”, completou Toto Wolff.

O piloto inglês Lewis Hamilton, de 34 anos, é pentacampeão mundial de Fórmula 1, em igualdade de troféus com o argentino Juan Manuel Fangio e a duas conquistas do recordista, o alemão Michael Schumacher.

Já o finlandês Valtteri Bottas, de 29 anos e quinto colocado na edição de 2018, integra pela terceira vez seguida a construtora germânica, após uma temporada sem qualquer vitória registada em grandes prémios.

A temporada de 2019 da Fórmula 1 terá 21 corridas e começará em 17 de março, em Melbourne, na Austrália.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'