Novo Mercedes-Benz Citan chegou à Soc. Com. C. Santos

Novo comercial está disponível com carroçaria furgão e Tourer e cinco opções de motor

0 aos 100 25/11/2021 Noticias

A segunda geração do Mercedes-Benz Citan já está disponível na Sociedade Comercial C. Santos. O modelo de acesso à gama de comerciais da marca alemã está disponível com carroçaria furgão e Tourer, e preços a partir dos 18.894 euros (+IVA).

No lançamento, a gama de motores do novo Citan será composta por três opções a diesel – 108 CDI (1.5 litros de 75 cv), 110 CDI (1.5 litros com 95 cv), 112 CDI (1.5 litros de 116 cv) – e duas a gasolina: 110 (1.3 litros de 102 cv) e 113 (1.3 litros com 131 cv).

Todos os motores cumprem a norma Euro 6d e estão combinados com a função ECO start/stop. Estas motorizações têm caixa manual de seis velocidades, sendo que as variantes mais potentes (diesel e gasolina) estarão, a partir do segundo semestre de 2022, também disponíveis com transmissão de dupla embraiagem de sete velocidades.

Dois níveis de equipamento

O novo Citan Furgão e Tourer está disponível com duas linhas de equipamento: BASE e PRO. A versão base conta de série com equipamentos como o ar condicionado, rádio, porta lateral deslizante e piso de carga revestido, entre outros. A linha PRO adiciona o sistema de entretenimento MBUX, sistema de auxílio ao estacionamento por sensores ultrassónicos, regulador e limitador de velocidade, etc.

Veja ainda:

Preços arrancam nos 18.984 euros

Quanto a preços em Portugal, o novo Mercedes-Benz Citan, na versão Furgão, com motor a diesel de 3 lugares dianteiros, está disponível a partir de 18.984 (+ IVA) ou 229 euros por mês (+ IVA), com contrato de serviço completo incluído (Citan Furgão 108CDI/27 de 75 cv). Já a versão Tourer 110/27 de 5 lugares com motor a gasolina tem preços a partir de 19.912 euros (+ IVA).

Versão elétrica em 2022

O Mercedes-Benz eCitan será lançado já no segundo semestre de 2022 com uma autonomia a rondar os 285 km, correspondendo às necessidades dos clientes profissionais, que muitas vezes utilizam este veículo para serviços de entrega nas cidades. Em postos de carregamento rápido, estima-se que a bateria carregue dos 10% a 80% em 40 minutos.

O motor elétrico, disponível para as várias variantes de carroçaria, proporciona uma potência máxima de 75 kW/102 cv. O binário máximo é de 245 Nm e está disponível assim que o veículo se movimenta, permitindo uma aceleração especialmente poderosa logo a partir do arranque. A bateria de iões de lítio, com uma capacidade de 44 kWh, está posicionada na parte inferior à frente do eixo traseiro, onde também está protegida contra colisões.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída
Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador