Mercedes-Benz 'Ponton' visita Soc. Com. C. Santos da Boavista

Várias unidades do modelo Mercedes-Benz W120/W121 visitaram o showroom da Sociedade Comercial C. Santos na Boavista

0 aos 100 18/07/2021 Noticias

Um modelo icónico num stand marcante. O showroom da Sociedade Comercial C. Santos na Boavista recebeu, este sábado (dia 17), a visita de várias unidades do modelo Mercedes-Benz W120/W121, que ficou conhecido como “Ponton”.

Foram quatro os exemplares deste raro modelo que estacionou em frente ao stand da Sociedade Comercial C. Santos na Boavista, no Porto. A caravana chegou depois de um curto percurso junto ao mar, entre Leça da Palmeira e o stand da Sociedade Comercial C. Santos naquela zona da cidade do Porto. Ali chegado, o restrito grupo de apaixonados pela Mercedes-Benz e, em particular, pelo W120/W121, pôde conversar sobre este e outros modelos que marcam a história do automóvel.

Produzido entre 1953 e 1959, o Mercedes-Benz W120/W121 – que é visto como um dos antecessores do atual Classe E – foi o primeiro automóvel da marca com carroçaria “Ponton”. Este tipo de carroçaria começou a surgir no pós-Segunda Guerra Mundial e, ao contrário dos automóveis desenvolvidos até aí, caracteriza-se por algo que se mantém no design dos automóveis hoje em dia, com os guarda-lamas dianteiros visualmente contíguos ao capot. Esta integração dos guarda-lamas é diferente do que acontecia na generalidade dos modelos do pré-guerra, em que este elemento está separado, sobre as rodas.

Veja ainda:

O Mercedes-Benz “Ponton” contou com várias motorizações, mas a mais reconhecida foi a 180 D.  Montava o motor diesel OM 636 VII, um quatro cilindros em linha com 1767 cc e 40 cv de potência. O 180 D tinha caixa manual de quatro velocidades e tração às rodas traseiras. Das mais de 400 mil unidades do W120/W121 produzidas, cerca de 114 mil foram do 180 D.

Modelo histórico, em stand icónico

“O Mercedes-Benz ‘Ponton’ marcou uma época para a marca. Em Portugal, foi de extrema importância para criar o capital de imagem de robustez e fiabilidade da Mercedes-Benz, dado que, entre as várias tipologias de clientes que serviu, foi usado como táxi por muitos profissionais que tiveram no modelo um excelente aliado para o seu trabalho”, afirma o presidente do Mercedes-Benz Club Portugal, Manuel Neves.

“Reunir apaixonados por automóveis Mercedes-Benz é um gosto para nós. Sendo o W120/W121 um dos modelos com mais história para a marca em Portugal, o orgulho é redobrado”, afirma o relações públicas da Sociedade Comercial C. Santos, Aquiles Pinto.

O encontro terminou com um curto convívio ao ar livre entre os vários presentes no showroom da Boavista do concessionário Mercedes-Benz e smart. Com projeto da autoria do arquiteto Pádua Ramos, este emblemático stand da cidade do Porto foi inaugurado em 1990 e apresenta-se como um cartão de visita da Sociedade Comercial C. Santos. 

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!
Hyundai Tucson 1.6 TGDi 48V. SUV com personalidade!