Novas matrículas. PSP já multou mais de dois mil condutores

Contraordenações por problemas nas matrículas aumentaram nos primeiros seis meses do ano

0 aos 100 21/08/2020 Noticias

As contra-ordenações por problemas nas chapas de matrícula aumentaram nos primeiros seis meses do ano. Segundo o Jornal Público foram multados 2.136 condutores até junho, ou seja mais 248 contraordenações face ao mesmo período do ano passado, sendo que a maioria das multas foi registada nos distritos de Lisboa, Porto e Setúbal.

A PSP esclarece que o tipo mais comum de contraordenação é o não cumprimento dos termos da lei, que define o tamanho dos números e letras e o espaço entre eles.

Veja ainda:

Este aumento de contraordenações coincidiu com a entrada em vigor do novo modelo de matrículas, porém não é obrigatório a troca de chapa de matrícula. 

A lei diz que o proprietário de um veículo que “apresente uma chapa identificadora fora da norma está sujeito a contraordenação punível com coima entre os 120 euros e os 600 euros, constituindo também motivo para não aprovação da viatura numa inspeção periódica obrigatória, conforme está previsto no Anexo II do artigo 5º do Decreto-Lei nº 144/2012”.

As regras estabelecidas pelo IMT (Instituto da Mobilidade e Transportes) têm de ser cumpridas e no novo modelo, a disposição dos grupos deve ser centrada vertical e horizontalmente e o espaçamento entre os caracteres está definida ao milímetro: de 20 milímetros (mm) entre grupos, sem traços separadores; de 10 mm entre caracteres do mesmo grupo.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente