Cinto de segurança. Mercedes-Benz retira campanha

Polémica sobre invenção do cinto de segurança obrigou Volvo Portugal a emitir um comunicado, Mercedes-Benz já pediu desculpa

Miguel Costa 21/01/2018 Curiosidades

A Volvo Car Portugal emitiu um comunicado para “esclarecer que a campanha veiculada por uma marca concorrente nos meios em Portugal afirma erroneamente que essa mesma marca inventou, entre outros sistemas de segurança, o cinto de segurança de três pontos”.

Ora, prossegue o importador da marca sueca, “esta informação não corresponde à realidade”, porque o equipamento em questão surgiu no final da década de 1950, pela mão do engenheiro da Volvo Nils Bohlin.

A esta altura, o leitor estará certamente a questionar-se sobre qual a marca e o anúncio em causa? Pois bem, a marca é a Mercedes-Benz que, com uma campanha publicitária na rádio.

De qualquer forma, a Mercedes-Benz já garantiu que o anúncio foi, entretanto, retirado do ar.

"A referida campanha foi suspensa e a marca em causa enviou hoje um pedido formal de desculpas à Volvo Car Portugal admitindo a sua falha", assegurou a Volvo Portugal nas redes sociais. 

De facto, o primeiro automóvel equipado com um cinto de segurança de três pontos foi um Volvo PV544. Foi vendido num concessionário Volvo em Kristianstad, na Suécia, a 13 de agosto de 1959.

Desde então, estima-se que a invenção de Bohlin, que comandou o Departamento Central de Investigação e Desenvolvimento da Volvo até 1985, terá já salvo mais de 1 milhão de vidas.

Deixe o seu comentário