Dieselgate: Volkswagen tenta acordo amigável com associação de consumidores

Ação na Alemanha reúne cerca de 400 mil queixas de consumidores

0 aos 100 02/01/2020 Noticias

A Volkswagen está a tentar negociar um acordo amigável com os proprietários lesados com o escândalo dos motores fraudulentos, conhecido como "dieselgate".

As negociações com a Federação Alemã de Defesa do Consumidor (VZBV), que serão "confidenciais", estão ainda "num estágio inicial e não há garantia de sucesso", disseram as duas partes em comunicado conjunto.

O julgamento na Alemanha reúne cerca de 400 mil ações judiciais de consumidores e pode durar vários anos.

Veja ainda:

Os juízes do tribunal de Brunswick terão que decidir se a fraude da Volkswagen prejudicou os clientes e, se for o caso, calcular a indemnização.

Na República Checa, um tribunal de Praga decidiu a favor dos proprietários, obrigando o Grupo Volkswagen a pagar 8.660 euros de indemnização a cada um dos proprietários lesados com o escândalo dos motores fraudulentos. Ao todo, o número ascende a 165.007 afetados.

Em Portugal, o escândalo das emissões poluentes afetou mais de 125 mil carros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente