Mercedes-Benz recolhe Sprinter devido a emissões

Mais de 260.000 unidades alvo de recolha

0 aos 100 14/10/2019 Noticias

A Agência Federal de Veículos a Motor (KBA, sigla em alemão) ordenou a Daimler-Benz a recolher pelo menos 260.000 unidades do furgão Sprinter, por suspeitas de estarem equipados com um “programa informático ilícito”.

O organismo alemão considera que o fabricante terá instalado o software ilegal para ludibriar as emissões nos testes de emissões.

Segundo a Daimler, “os clientes Mercedes serão notificados através de carta se o seu veículo for objeto de recolha, sendo o software atualizado.” Em causa estarão 260 mil Sprinter da geração que saiu de produção em 2016.

Veja ainda:

Além disso, a Daimler deixa claro que está a cooperar de forma total com a KBA na resolução do problema. Do lado da KBA, fica a certeza que os procedimentos de investigação sobre a funcionalidade do controlo das emissões nos motores, está bem avançada, mas ainda longe de estar terminada.

A Daimler, que já tinha feito um aviso de quebra dos lucros, anunciando que tinha aumentado o valor do aprovisionamento para questões legais para vários milhões de euros (no sentido de cobrir vários processos em andamento), referiu que este processo da KBA não terá repercussões nas contas da Daimler.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...
Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!