Sián: 819cv e 63 unidades para o primeiro Lamborghini eletrificado

'Relâmpago' recorre a um supercondensador para tornar-se no Lamborghini de produção mais potente de sempre

0 aos 100 03/09/2019 Noticias

O ‘Relâmpago’ (significado de ‘Sián’ no dialeto bolonhês, para assinalar a estreia na eletrificação) é o primeiro Lamborghini híbrido. É também o modelo de produção mais potente de sempre (da marca italiana, claro), com 819cv. A produção está limitada a 63 unidades, cada uma por mais de 3 milhões de euros.

A base da mecânica é o incontornável e icónico motor de 6,5 litros V12 ao qual está agora associado um sistema semi-hibrido de 48 V que acrescenta 25 kW (34 cv) para uma potência combinada de 819 cv (602 kW) tendo uma relação de 1 cv/kg.

A funcionar em conjunto, a mecânica permite ao ‘Relâmpago’ acelerar dos 0 aos 100 km/h em menos de 2,8 segundos e ultrapassar os 350 km/h de velocidade máxima (a marca italiana não adiantou dados definitivos).

O sistema elétrico de 48 V é novador, pois a Lamborghini aplica um supercondensador na tecnologia de acumulação de energia em vez de uma bateria de iões de lítio. O supercondensador é três vezes mais potente do que uma bateria com o mesmo peso e é três vezes mais leve do que uma bateria com a mesma potência e os ganhso evidentes traduzem-se na acumulação da energia na aceleração instantânea e no sistema de travagem regenerativo.

Veja ainda:

O Sián terá uma produção de 63 unidades a assinalar a fundação da Automobili Lamborghini e todas já estão vendidas. Cada uma receberá acabamentos diferenciados, de modo a não existirem dois carros iguais.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente