Portagens tramam novo Dacia Duster em Portugal

Está prestes a chegar, mas não Portugal. Pelo menos enquanto não for classe 1 nas portagens

Miguel Costa 27/11/2017 Noticias

Aconteceu com o Renault Kadjar e volta a acontecer com a segunda geração do Dacia Duster.

O modelo, um dos modelos mais populares da Dacia, terá de ser alvo de uma série de alterações de forma a que seja homologado como Classe 1 nas portagens em Portugal.

"Devido à aberrante legislação que taxa as viaturas nas portagens nacionais, não é possível avançar com uma data para a comercialização, mas a boa notícia é que o novo Dacia Duster vai ser vendido em Portugal e já com as alterações técnicas que permitem que seja taxado como Classe 1 (versão 4x2) com Via Verde", refere a Dacia.

A solução, que demorará algum tempo a ser implementada na linha de produção, deverá passar por ajustes na suspensão, de forma baixar a altura do capot ao solo, medida na vertical do eixo dianteiro.

Tal como aconteceu com o Renault Kadjar, as tendências de desenho e as normas proteção de peões em caso de atropelamento, estão a fazer subir a altura ao solo dos capots, evidenciando a falta de lógica na legislação que regula as classes de portagens nas autoestradas e antigas SCUTs em Portugal.

Quando chegar, o novo Duster estará equipado com o conhecido motor 1.5 dCi de 90 e 110cv, além de dois motores a gasolina, um 1.6 SCe de 115 e um 1.2 TCe de 125cv. O 1.6 Sce estará disponível também com opção a GPL.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente