Volkswagen já tem data para o fim dos motores diesel e gasolina

Adeus aos motores de combustão está para breve. Foco estará todo no desenvolvimento de modelos cem por cento elétricos

0 aos 100 08/12/2018 Noticias

O ano de 2026 será o último dos motores de combustão, ou seja, a gasolina e a gasóleo, nas linhas de produção do Grupo Volkswagen. A partir daí, só motores elétricos.

"Os nossos técnicos estão a trabalhar na última plataforma para veículos que não são neutros em CO2", disse Michael Jost, chefe de estratégia de produto da Volkswagen, numa conferência do setor automóvel, em Wolfsburgo, na Alemanha. "Estamos a eliminar gradualmente os motores de combustão ao mínimo absoluto".

O primeiro passo será dado já em 2019 com o lançamento do primeiro modelo da gama ID, o Neo, uma berlina compacta, cuja produção começará dentro de um ano. Segue-se, em 2020, o SUV ID Crozz, seguido da nova geração da Kombi, a ID Buzz, confirmada para 2022.

Relacionadas:

Os planos são ambiciosos, com a Volkswagen a planear lançar versões totalmente ou parcialmente elétricas de mais de 300 automóveis, incluindo veículos pesados e motos até 2030.

O abandono gradual dos motores de combustão marcará uma mudança radical para a Volkswagen, depois de admitir a manipulação dos testes de emissões no escândalo denominado Dieselgate nos Estados Unidos, envolvendo 11 milhões de veículos em todo o mundo.

"Sim, temos uma responsabilidade clara nesta matéria", afirmou Jost, reforçando: "Nós cometemos erros".

Deixe o seu comentário