VÍDEO: Ford Mustang autónomo conduz como um bêbado

O arranque nem foi mau, mas rapidamente se percebeu que esta demonstração não ia correr como a Siemens certamente imaginou...

0 aos 100 13/07/2018 Curiosidades

A ideia era interessante, embora ousada: mostrar a mais alta tecnologia aplicada ao mundo automóvel num veículo com o apelo clássico de um Ford Mustang de primeira geração, e encarar a rampa do Festival de Velocidade de Goodwood de forma completamente autónoma, através de um sistema controlado por GPS e vários sensores.

O percurso era único e o traçado bem conhecido, o que permitiu programar toda a rota. Então o que podia acontecer de errado? Neste caso e infelizmente, praticamente tudo.

O Ford Mustang autónomo percorreu muito devagar toda a rampa, com dificuldades em “perceber” o percurso a seguir, obrigando por diversas vezes o humano no lugar do condutor a corrigir a sua trajetória. Até parecia estar a ser conduzido por alguém seriamente alcoolizado.

A subida correu tão mal que muitos meios de comunicação compararam a trajetória do veículo com a condução de um bêbado, pois já desde o início o veículo não conseguiu seguir uma linha reta e passou a circular aos “esses”.

Se até se portou minimamente bem em algumas curvas, o condutor foi forçado, por diversas vezes, a corrigir a trajetória com o volante. Chega mesmo a ser cómico ver, aos 6 minutos, os ocupantes do veículo a acenar ao público enquanto o carro deambula incerto pela pista.

Deixe o seu comentário