Mercedes-Benz. Encontrados cinco dispositivos de fraude de emissões

Cerca de um milhão de veículos que supostamente incluem os dispositivos

0 aos 100 11/06/2018 Noticias

A entidade rodoviária germânica KBA terá encontrado cinco “dispositivos ilegais de desativação” em motores da Daimler, utilizados para uma alegada manipulação de emissões.

Segundo o Automotive News, estes dispositivos, descobertos pela KBA, estão a ser utilizados nos modelos da Mercedes-Benz equipados com motores Diesel que já cumprem a norma Euro 6. No total, são cerca de um milhão de veículos que supostamente incluem os dispositivos.

Relacionadas:

Questionado pelo jornal Bild am Sonntag, um porta-voz da Daimler recusou comentar as suspeitas, sublinhando que a empresa está a cooperar “de forma completa e transparente com a KBA e com um Ministério Federal dos Transportes”.

A Daimler, como outros fabricantes de automóveis, recorre a líquidos de nitrato de ureia, mais conhecido como Adblue, para neutralizar as emissões nos gases de escape. Contudo, a KBA suspeita que os recursos de controlo de emissões dos motores permitam uma poluição excessiva sem deteção.

Desde que a Volkswagen admitiu em 2015 ter manipulado os testes de emissões que os construtores alemãess, incluindo VW, Daimler e BMW, enfrentaram uma reação contra a tecnologia a diesel, na qual investiram milhões de euros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo