BMW M4 CSL tem 550cv e pesa menos 100 kg

O regresso das versões Competition, Sport, Lightweight, em edição limitada a 1000 unidades

0 aos 100 19/05/2022 Noticias

A BMW M GmbH, a divisão de alta performance da BMW, desvendou a derradeira máquina de circuitos com permissão para circular em estrada, o M4 CSL. Acompanhando a receita que marca as siglas correspondentes a Competition, Sport, Lightweight, esta edição especial tem 550cv e pesa menos 100 kg em relação ao BMW M4 Competition. Mas há mais...

Estamos diante de uma fera nascida para satisfazer o desejo dos amantes dos circuitos e dos dias em Nürburgring Nordschleife, onde conseguiu dois tempos muito bons: 7:15.677 BTG e 7:20.207 para uma volta completa. É o carro de produção mais rápido já criado pela BMW.

Para alcançar estes registos, um dos elementos-chave no desenvolvimento desta "besta" encontra-se na redução de peso em relação ao modelo convencional. Ao todo, menos 100 kg até alcançar os 1.625 quilos. Como conseguiram?

Por um lado, sacrificaram os bancos traseiros. Estamos diante de um BMW M4 CSL de dois lugares. Assim, são poupados 21 quilos dispensando os bancos e cintos de segurança, mas a bagageira e separação do compartimento de passageiros também foram adaptados à sua nova condição e, aliás, foi criado suporte para dois capacetes.

Os bancos M em fibra de carbono cortam mais 24 quilos de peso, enquanto os travões carbono-cerâmicos, as jantes específicas de liga leve, as molas e alguns outros elementos do conjunto de suspensão subtraem mais 21 quilos.

No interior, muitos dos elementos de isolamento e isolamento acústico foram eliminados, garantindo uma experiência sonora de primeira classe e uma economia de peso de mais 15 quilos.

Ao longo do veículo existem várias peças feitas de plástico reforçado com fibra de carbono e assim são reduzidos mais 11 quilos. A que se junta a tampa da bagageira e a consola central, também feitos de CFRP.

O sistema de escape é feito de titânio e permite reduzir mais de quatro quilos. E para completar a redução de peso, modificações em áreas como a grelha em forma de rim da BMW, óticas traseiras, tapetes e o ar condicionado cortaram mais quatro quilos.

Já o ganho de 40cv, com o seis cilindros em linha 3.0 a chegar aos 550 cv, foi conseguido à custa do aumento da pressão do turbo, que passa de 1,7 bar para 2,1 bar, uma garantia da manutenção da fiabilidade. O binário máximo também subiu, para os 650 Nm entre as 2.750 rpm e 5.950 rpm.

Faz de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos e atinge 200 km/h em 10,7 segundos. Logicamente, devido ao tipo de forças a que estará sujeito na utilização em circuitos, tanto o sistema de refrigeração como o sistema de alimentação de óleo foram redesenhados para garantir o desempenho em qualquer condição.

O M4 CSL estará disponível apenas com tração traseira e caixa automática M Steptronic de oito velocidades. Possui suportes específicos para motor e caixa de velocidades que garantem uma transferência de potência mais rápida e imediata, criando uma ligação com os diferentes conjuntos.

Veja ainda:

Naturalmente, todas as mudanças são acompanhadas por uma afinação específica do chassis e das suspensões e uma carroçaria mais rígida. É, por exemplo, 8 milímetros mais baixo que o M4 Competition Coupe.

Desenho específico

A cor padrão da carroçaria do M4 CSL é Frozen Brooklyn Grey metalizada, embora esteja disponível em opção o branco Alpin White ou preto Sapphire metalizado. Todos combinam com os detalhes em vermelho dispersos pela carroçaria.

Os detalhes em vermelho são formados pelas molduras que moldam as cortinas de ar no avental frontal, os logotipos específicos do modelo ou os extremos das saias laterais.

Outro elemento que é diferente no CSL em comparação com outros M4 são as luzes laser dianteiras com um contorno amarelo, uma solução que encontramos pela primeira vez no BMW M5 CS e que lembra carros de GT.

Limitado a 1.000 unidades

A produção será estritamente limitada (não sabemos se também é numerada) a 1.000 unidades. O preço ainda não foi comunicado, mas certamente há muitas pessoas dispostas a adquirir um M4 CSL.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Pub
Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador