Combustíveis: Estado fica com 1 euro por cada litro de gasolina

Fiscalidade representa cerca de 53% do preço médio da gasolina

0 aos 100 06/03/2022 Noticias

Com a subida de oito cêntimos prevista para esta segunda-feira, o Estado passará a arrecadar entre as várias taxas e o IVA mais de um euro por litro de gasolina.

Segundo uma nota da BA&N Research Unit, no preço final da gasolina, "mais de metade (53%) são impostos, sendo que com a nova subida dos preços o Estado passará a arrecadar entre as várias taxas e o IVA mais de um euro por litro, considerando os valores médios", pode ler-se.

O gasóleo deverá assim registar um agravamento de cerca de 14 cêntimos por litro, enquanto a gasolina deverá ficar 8 cêntimos mais cara. Será a décima subida consecutiva de ambos.

Esta forte subida vai levar os preços médios dos combustíveis simples para 1,815 euros por litro no caso do gasóleo e 1,912 euros no caso da gasolina, aproximando-se os valores entre ambos.

Para o Estado, será fonte de receita adicional, tendo em conta a elevada fiscalidade que recai sobre os produtos petrolíferos. Considerando os novos preços médios, a receita gerada com os combustíveis vai aumentar ainda mais, ascendendo a 11,5 milhões de euros por dia, em termos médios.

No caso do gasóleo, a fiscalidade em Portugal representa cerca de 45% do preço médio, sendo inferior à da gasolina, onde mais de metade (53%) são impostos.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída
Pub