Ford Mustang Mach-E desilude no ‘teste do alce’

SUV elétrico realizou a manobra com dificuldade a velocidades de 65, 68 e 70 km/h, antes de falhar completamente a 72 km/h

0 aos 100 28/09/2021 Noticias

O Ford Mustang Mach-E é mais uma das vítimas do famoso "teste do alce", que procura avaliar o comportamento de um automóvel em manobras evasivas, para evitar um atropelamento ou uma colisão. Uma traseira muito “viva” e um controlo de estabilidade pouco eficaz foram os responsáveis para um resultado considerado pouco satisfatório.

Os suecos do Teknikens Värld submeteram o Mustang Mach-E na versão "Long Range" ao teste do alce, juntamente com outros elétricos como o Hyundai IONIQ 5, Tesla Model Y e Skoda Enyaq iV, e o SUV elétrico da Ford desiludiu.

Foi, de resto, o que teve o pior resultado do grupo, realizando a manobra com dificuldade a velocidades de 65, 68 e 70 km/h, antes de falhar completamente a 72 km/h.

Veja ainda:

Segundo a publicação sueca, a traseira do Mach-E fica bastante instável com o aumento de velocidade, aliado a uma direção com resposta lenta, um chassis demasia domacio e um controlo de estabilidade igualmente com uma atuação lenta.

Comparado com o Tesla Model Y, o Ford revelou-se 7 km/h mais lento, uma vez que o Model Y superou a prova a 75 km/h.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador
Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída