Renault troca sigla R.S. por Alpine

Mudança na divisão desportiva da Renault, com a Alpine a suceder à Renault Sport

0 aos 100 11/05/2021 Noticias

A partir de 1 de maio de 2021, os Automóveis Renault Sport passaram a estar sobre a alçada da marca Alpine. A alteração vai levar ao gradual desaparecimento da sigla ‘Renault Sport’, das versões R.S. e R.S. Line, por exemplo, que serão substituídas por uma nova designação, também ela sinónimo de alta performance: Alpine Cars.

Esta mudança surge na sequência da troca de designação na Fórmula 1 e faz parte de um plano de reestruturação do grupo francês.

"Enquanto parte da reorganização do Grupo Renault por marcas, é essencial que as várias entidades que compõem a Unidade de Negócios recebam o nome Alpine e incorporem os valores e ambições da marca", explicou, em comunicado, o CEO da Alpine, Laurent Rossi.

O mesmo responsável acrescenta ainda que, "a Alpine pretende ser uma marca desportiva premium, na vanguarda da inovação e tecnologia. Já a Alpine Cars, com o seu conhecimento e experiência em veículos desportivos, é um elemento fundamental no alcançar dos nossos objetivos."

Veja ainda:

Assim, alguns dos modelos ‘Renault Sport’, como é o caso do Mégane R.S. ou Clio R.S., por exemplo, vão passar a ostentar o emblema e a denominação ‘Alpine’.

A Alpine deverá, ainda, desenvolver uma versão mais “apimentada” do futuro elétrico Renault 5, entre outros projetos.

“Ao tornarem-se Automóveis Alpine, estas equipas embarcarão em toda uma nova dinâmica, pródiga em projetos levados a cabo com o apoio das equipas de competição da Alpine Racing e de todas as unidades de negócio do Grupo Renault. Estes são tempos verdadeiramente excitantes e inspiradores para os nossos engenheiros”, afirmou Robert Bonetto, Diretor de Performance e Engenharia de Produto da Alpine.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!