Renault Cacia regressa ao trabalho um mês depois

Fábrica retomou atividade com quarto dos trabalhadores.

0 aos 100 17/04/2020 Noticias

Menos um mês depois de ter suspendido a produção devido à crise epidémica do COVID-19, e num período em que utilizou as suas impressoras 3D para a produção de material para os hospitais da região, a fábrica Renault Cacia retoma, progressivamente, a atividade de produção.

De forma a proteger os seus trabalhadores, foram impostas regras que impõem as condições obrigatórias para a retoma, com a colocação em em prática todas as medidas de proteção necessárias para garantir a saúde e a segurança dos trabalhadores.

Cerca de um quarto dos efetivos da fábrica encontra-se já em laboração, existindo a a expetativa de aumento progressivo da atividade durante o próximo mês, de forma a satisfazer a retoma da produção nas fábricas do consórcio Renault.

A fábrica de Cacia é muito importante para a Renault e, a partir do verão, produzirá, em exclusivo, a caixa de velocidades JT 4, que equipará os principais modelos da marca. Paralelamente, decorre a implementação do projeto DB 35, para produção da caixa de velocidades inteligente montada nos híbridos Clio E-Tech, Captur E-Tech Plug-in e Mégane Sport Tourer E-Tech Plug-In.

A Renault Cacia é a segunda maior fábrica automóvel portuguesa, no número de colaboradores: 1165.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'