Landtrek, a pick-up da Peugeot que não vai chegar à Europa

Nova pick-up tem motor Diesel de 1,9 litros e 150 cv e um a gasolina com 2,4 litros e 210 cv

0 aos 100 20/02/2020 Noticias

A Peugeot acaba de apresentar a Landtrek, uma pick-up destinada exclusivamente aos mercados da América Latina e África subsariana, sem lançamento previsto na Europa.

O modelo que marca a entrada da Peugeot "no segmento das pick-ups de 1 tonelada", que representa mais de 2,4 milhões de vendas anuais em todo o mundo, conta com motores a gasolina e Diesel, versões chassis-cabina, cabina simples ou cabina dupla e de trabalho ou multiusos.

Com 5,33 metros de comprimento na versão de cabina dupla e 5,39 m na versão de cabina simples, a Landtrek tem um interior que pode ter dois bancos independentes dianteiros, com apoio de braço central, ou um banco de 3 lugares.

Veja ainda:

A mecânica é composta por dois motores, um Diesel de 1,9 litros e 150 cv e 350 Nm, e um a gasolina com 2,4 litros, 210 cv e 320 Nm, ambos acoplados a caixas manuais de seis velocidades (automática em opção).

Estará disponível com duas ou quatro rodas motrizes, sendo que a versão 4x2 é de tração traseira, enquando nas 4x4 a transmissão dianteira é acionada através de um comando específico posicionado na consola.

Neste comendo, o condutor poderá selecionar 2 modos: 4H (4 High speed): para uma utilização normal em todo-o-terreno; e 4L (4 Low speed) com relações curtas: graças a um redutor de transmissão de 2,7:1, o binário a baixa velocidade é aumentado de forma a permitir a progressão em pisos de baixa aderência ou para vencer subidas fortemente inclinadas.

Antes do seu lançamento noutros países, os primeiros mercados de comercialização serão a América Latina e a África subsariana. De qualquer forma não está prevista a sua comercialização na Europa

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'