Mini elétrico chega em setembro. Com o motor do i3

Ultimam-se os detalhes para o lançamento do primeiro Mini elétrico

0 aos 100 07/03/2019 Noticias

O primeiro Mini elétrico, com lançamento confirmado para setembro deste ano, promete ser o primeiro compacto desportivo elétrico, ao adotar a denominação Cooper SE, de Cooper S “Elétrico”.

A marca obviamente esconde o jogo, uma vez que o segredo é a alma do negócio. Mas a realidade é que estamos a meses de ver o primeiro Mini elétrico, pelo que começam a ser conhecidos alguns dos seus detalhes.

A base já é conhecida, a versão de três portas do Mini (desconhece-se ser haverá variantes de cinco portas ou Clubman), mas com menos entradas de ar por não necessitar de refrigerar a mecânica, além da ausência de escape.

Relacionadas:

A mecânica será a mesma utilizada no BMW i3, neste caso no i3S, com 184cv e 270 Nm. A bateria pesa 200 kg e será de 33 kW e 92 Ah (no i3 alcança os 94 Ah), esperando-se uma autonomia próxima dos 300 km (ciclo WLTP).

O peso do Mini Cooper SE é de 1.350 kg, apenas mais 120 kg que o homologo de combustão Cooper S, uma vez que a exclusão do motor a gasolina e respetivo depósito compensa o peso das baterias.

Sabe-se também que a marca inglesa está a apontar para um preço próximo das 30.000 libras, ou seja, qualquer coisa em torno dos 33.000 euros, um valor muito competitivo e que certamente vai preocupar alguns dos fabricantes que atualmente mais vendem neste segmento.

A estreia oficial está marcada para o Salão de Frankfurt, em setembro, mas a apresentação deverá acontecer semanas antes.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva