Primeiras imagens do novo Mercedes-Benz CLS

Estreia no Salão de Los Angeles, a 27 de novembro. Terá motor 2.0 Diesel com 245cv

Miguel Costa 19/11/2017 Noticias

[Atualizado]

A Mercedes-Benz libertou as duas primeiras imagens do novo CLS, que fará a sua estreia no Salão automóvel de Los Angeles, a 27 de novembro, e será lançado no arranque do novo ano e terá cinco lugares (ao contrário dos quatro do antecessor).

A primeira das duas imagens revela parte do interior, nomeadamente o painel (inspirado no do Classe E) com ecrã tátil XXL que integrará todas as informações relativas ao funcionamento do veículo, assim como do seu sistema de infoentretenimento. Os acabamentos serão em couro e fibra de carbono, enquanto as saídas de ar serão em alumínio com tons avermelhados.

Já a segunda imagem deixa ver a parte frontal do CLS com linhas redesenhadas e uma assinatura de luz distinta. Feito com base na plataforma MRA, de tração traseira, a nova geração do coupé de quatro portas disporá de componentes e tecnologia em comum com o E e o S. Entre os Diesel a gama será composta pelo CLS 300d (motor 2.0 de quatro cilindros que substitui o 250d) com 245cv e o CLS 350d, equipado com um seis cilindros de 258cv.

A gasolina, o modelo contará com um quatro cilindros de 300cv e um híbrido convencional com base num seis cilindros a gasolina, com um sistema de 48 volt e um motor elétrico que funciona como gerador, a reunir 367 cv. No topo da gama estará uma versão AMG híbrida com 435 cv.

A plataforma é a mesma do Classe E, mas a sua afinação terá uma orientação para um comportamento mais desportivo. No exterior, o novo modelo mantem a silhueta do antecessor, destacando-se a tampa da mala de pequenas dimensões e a dupla ponteira de escape cromada.

Por dentro, destaque para o Widescreen Cockpit herdado do Classe S, luz ambiente em LED e bancos com função de massagem. A instrumentação é tradicional e há saídas de ar de formato circular.

Quanto a tecnologia, o novo CLS terá um modo de condução semi-autónomo, ao estilo do Classe E, e poderá vir a incluir o sistema Speed Limit Pilot, que ajusta automaticamente a velocidade face aos limites de velocidade, assim como o Active Lane Change Assist, que possibilita mudanças de faixa de forma autónoma. Ao contrário do que sucedeu com o CLA, o CLS deixará de ter uma derivação Shooting Brake.

Deixe o seu comentário