Conduza na neve como um piloto profissional

Antecipar e conduzir suavemente são dados fundamentais para não perder o controlo do veículo

0 aos 100 01/02/2019 Ajuda

As condições climatéricas adversas, a pouca visibilidade e o período de inverno em geral desafiam as habilidades de qualquer piloto. Mas sabemos realmente conduzir na neve? Em Innsbruck, a capital do Tirol, na Áustria, o piloto profissional Jordi Gené conta como enfrentar essa situação com a máxima calma e confiança.

- A regra de ouro: Um enorme manto branco estende-se até onde a vista alcança e, por vezes, em alguns pontos, atinge dois metros de altura. É de manhã cedo e o sol começa a aparecer atrás das montanhas. Gené, ao volante de um SEAT Leon X-Perience, equipado com tração integral 4Drive, oferece o seu primeiro conselho: “Antecipe o que está à frente e tenha calma, esta é a regra básica para conduzir em condições adversas.”

- Sabe descer a inclinação de uma montanha?: “É fundamental travar com o motor. Em encostas, conduzir devagar ajuda a manobrar mais facilmente o veículo e os travões sofrem menos”, diz Jordi ao iniciar uma das descidas. Esta recomendação aplica-se tanto no verão, como no inverno. Mas aplica-se especialmente na estação fria, onde o asfalto, com baixas temperaturas, perde aderência.

- Surpresas à espreita nas sombras: Ao conduzir na neve, tenha especial atenção às manchas escuras na estrada onde poderá haver gelo negro: “é importante manter a calma e evitar fazer manobras bruscas”, explica Jordi. “Tem que se rodar o volante o mais suavemente possível e travar com precaução até que se esteja fora da zona gelada e o carro ganhe novamente aderência”, adverte o piloto.

Relacionadas:

- Use apenas os faróis de nevoeiro em condições extremas: O dia está frio, mas ensolarado. Nestes casos, “nunca usamos os faróis de nevoeiro. O seu uso é restrito a situações de pouca visibilidade”. Estas luzes proporcionam um brilho adicional e são úteis durante fortes chuvadas ou nevoeiro denso, mas “podem ofuscar facilmente o trânsito se usadas incorretamente”, avisa Jordi.

A melhor maneira de estacionar no exterior: Jordi aconselha também a colocar o veículo em ‘P’ para estacionar um carro automático e, em ponto morto ou com a primeira metida se for um carro manual. Quando o carro é deixado ao ar livre, ele recomenda “que se coloquem as escovas de limpeza para cima, de modo a que não fiquem no pára-brisas durante um nevão ou se a temperatura cair drasticamente”, comenta o piloto.

Verificar o automóvel, ter correntes de neve autorizadas e aumentar a distância de segurança, são outras recomendações que ajudarão a tornar a viagem de inverno mais segura.

Deixe o seu comentário