Veja o anúncio do Ford Mustang proibido no Reino Unido

Autoridade para a Publicidade do Reino Unido considerou que o vídeo encoraja uma condução irresponsável

0 aos 100 28/10/2018 Noticias

Um anúncio publicitário ao novo Ford Mustang foi proibido no Reino Unido por “encorajar a libertação da raiva acumulada diariamente”.

O vídeo sugere o prazer de condução como uma fuga à vida quotidiana. Algo, aparentemente inocente, mas não para as 12 pessoas que fizeram queixa à Advertising Standards Authority (ASA), Autoridade para a Publicidade do Reino Unido, argumentando que tais mensagens incentivam uma condução agressiva e irresponsável.

A ASA considera ainda que, além da forma em que o Mustang sai do estacionamento, o poema de Dylan Thomas que é recitado como pano de fundo incita o comportamento violento atrás do volante para libertar a agressividade contida com a frase. "Raiva, raiva contra a morte da luz".

Relacionadas:

Segundo a entidade reguladora, o anúncio viola as regras estipuladas, a 19.2, do código que regula a publicidade. “Os anúncios não devem tolerar ou incentivar condução perigosa, competitiva, imprudente ou irresponsável”.

Veja o anúncio em causa:

Deixe o seu comentário