Este é o BMW X7!!!

Primeiras imagens do maior dos SUV da marca alemã

0 aos 100 16/10/2018 Noticias

A BMW destapou o seu SUV, o X7. O novo SUV topo de gama é luxuoso e familiar, dispondo de uma série de argumentos para cativar quem gosta de SUV (e quem detesta). Chega em março de 2019.

O nome indica o seu posicionamento acima do X5. É maior que este em quase todas as direções, para dar espaço a uma terceira fila de bancos, subindo a lotação até sete passageiros. Com 5,15 metros de comprimento, 2 metros de largura e 1,8 metros de altura, o X7 tem a mesma largura do novo X5, mas é 23 cm mais comprido e 5 cm mais alto.

Por comparação com o "navio almirante" da BMW, o Série 7, o X7 é 5 cm mais longo (face à versão normal do Série 7) e cerca de 10 cm mais largo.

A distância entre eixos deste SUV é de 3,10 metros, pelo que o espaço disponível no habitáculo é assinalável, tal como o conforto a bordo, sobretudo para os que optarem por substituir a segunda fila de bancos (com capacidade para três pessoas) por dois bancos individuais iguais aos da frente.

O rival do Mercedes-Benz GLS chega com um detalhe de estilo que aponta o culminar de todos os modelos: a enorme grelha dianteira, ladeada por uns faróis em LED que são também os mais finos que o fabricante já desenhou. As jantes são de 20 polegadas, mas estão disponíveis de 21 e 22 polegadas, em opção.

Relacionadas:

O interior conta com instrumentação totalmente digital, apontamentos cromados, volante multifunções e ecrã central sobredimensionado de 12,3 polegadas. 

Equipado com a última geração do sistema iDrive, o X7 tem o "assistente pessoal inteligente", que compreende os comandos de linguagem, aprende os hábitos do condutor e pode ser controlado parcialmente com gestos.

Na fila traseira, o espaço aparenta ser generoso. A capacidade da bagageira pode variar entre os 326 litros e os 2.120 litros, com as duas filas posteriores rebatidas.

Todas as versões do X7 contam de série com suspensão a ar, um modo desportivo que reduz a altura do chassis por 20 milímetros a partir dos 140 km/h, ao mesmo tempo que pode variar a altura "manualmente" para aumentar a distância ao solo em 40 milímetros.

De momento, o X7 estará equipado com três motores, um a gasolina, o X7 xDrive40i de 340cv, e dois alimentados a gasóleo, o X7 xDrive30d de 265cv e o potente X7 M50d de 400cv. Posteriormente haverá uma versão híbrida Plug-in, o X7 xDrive40e Performance, com uma autonomia em modo elétrico superior a 50 km com uma só carga.

Deixe o seu comentário