O carro mais rápido do mundo chega a 1 de novembro

Venom F5 promete ser a maior dor de cabeça do Bugatti Chiron

Miguel Costa 26/10/2017 Noticias

A guerra pelo título do carro mais rápido do mundo está ao rubro. O mais recente candidato dá pelo nome de Venom F5 e foi desenvolvido pela Hennessey Performance Engineering, que já tinha produzido o Venom GT, uma pedra no sapato do Bugatti Veyron. Com 1500 cv, o F5 propõe-se ultrapassar as míticas 300 milhas por hora (483 km/h) e reclamar o título de carro mais rápido do mundo.

O F5 é um modelo completamente novo e não como o Venom GT, que usava componentes do chassis dos Lotus Exige e Elise. O nome do novo Venom deriva do nível máximo da escala de Fujita, que mede a escala de destruição dos tornados. No seu nível máximo, F5, os ventos dos tornados são capazes de atingir entre 420 e 512 km/h, intervalo no qual se encaixa a velocidade máxima prometida pela Hennessey para a sua nova criação.

Os detalhes são ainda escassos, desconhecendo-se, entre outros, o motor escolhido. Para já a Hennessey promete uma motorização capaz de desenvolver uma potência máxima de 1500 cv e de atingir a mítica barreira das 300 milhas por hora (483 km/h).

Até ao momento apenas duas imagens foram divulgadas, sendo que uma serve para espicaçar a curiosidade, com a nova bomba ao lado de uma placa sobre o limite da velocidade na via, pronto a queimar pneu.

A grande questão é perceber que soluções foram encontradas ao nível dos componentes para alcançar velocidades desta ordem, tratando-se de um veículo homologado para o dia a dia. Isto porque os pneus, por exemplo, desgastam-se de forma impressionante a mais de 400 km/h.

Com apresentação marcada já para o próximo dia 1 de novembro, o F5 destina-se a concorrer diretamente com o Bugatti Chiron pelo título de carro de estrada mais rápido do mundo.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!