Carros elétricos da BYD já chegaram a Portugal. Conheça os preços

No lançamento estarão disponíveis três modelos, o Atto 3, o Han e o Tang

Luis Neves 11/05/2023 Noticias

A nova marca de carros elétricos a chegar a Portugal dá pelo nome de BYD, cujas siglas significam “Build Your Dreams”, é oriunda da China e chega pelas mãos da Salvador Caetano. No lançamento estarão disponíveis três modelos, o SUV compacto Atto 3, o SUV de 7 lugares Tang e a berlina topo de gama Han.

A abertura das primeiras instalações está prevista para a primeira quinzena de maio com destaque para a Pioneer Store em Lisboa sucedida por instalações no Porto, em Vila Nova de Gaia, em Cascais e em Setúbal.

Os primeiros 100 clientes, os Pioneiros BYD, recebem uma wallbox para poderem carregar as suas viaturas. Uma oferta especial de lançamento disponível até dia 31 de maio de 2023.

Beneficiarão igualmente de uma extensão da garantia geral de todos os modelos para 6 anos ou 150 000 km, com uma garantia específica da bateria de 8 anos ou 200 000 km.

Preços a partir de 41.990 euros

A gama arranca com o SUV compacto Atto 3, com preços a arrancar nos 41.990 euros. Conta com uma bateria de 60 kWh de capacidade, suficiente para anunciar uma autonomia superior a 400 km (420 km homologados). O motor elétrico debita 204 cv e 310 Nm de binário. A velocidade máxima é de 160 km/h e a aceleração 0-100 km/h cumpre-se em 7,3 segundos.

A versão Comfort inclui jantes em liga leve de 18'' com pneus Continental, teto de abrir panorâmico e sistema multimédia em monitor tátil rotativo de 12,8'' . A versão Design, disponível por 43.490 €, acrescenta o monitor igualmente rotativo de maiores dimensões (generosas 15,6''), abertura elétrica da mala e tecnologia V2L para carregamento de periféricos elétricos.

O Tang é um SUV de 7 lugares, com preços a partir de 72.570 euros. Tem 4,870 metros de comprimento, dois motores elétricos que, em conjunto, debitam 517 cv e 680 Nm, para uma aceleração de 0 a 100 km/h de 4,7 segundos e 180 km/h de velocidade máxima. A autonomia supera os 400 km.

Pelo mesmo preço, de 72.570 euros, está igualmente disponível o Han, uma berlina concorrente do Mercedes EQE e Tesla Model S, por exemplo), disponível apenas com dois motores elétricos (tração integral) e potência na ordem dos 517 cv, capaz de uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos.

Com uma bateria de 85,4 kWh de capacidade útil (tecnologia LFP, de fosfato ferro-lítio), anuncia uma autonomia homologada para 521 km em ciclo WLTP (até 662 km em cidade), permitindo carregamentos rápidos até 110 kW.

Os puxadores de portas embutidos contribui para o excelente desempenho aerodinâmico, com um cd de apenas 0.23, enquanto os passageiros dos bancos traseiros beneficiam de um ecrã multimédia de 7 polegadas integrado no apoio de cabeça central, que lhes permite controlar o sistema de climatização, acionar o teto de abrir panorâmico ou escolher entre 31 tonalidades de iluminação ambiente disponíveis.

Posteriormente a gama será reforçada com dois outros modelos, o Dolphin (golfinho em português), um compacto concorrente do Volkswagen ID.3 ou do Citroen e-C4, por exemplo, e o Seal, ou “foca” em português, uma berlina concorrente de modelos como o Tesla Model 3.

Preços:

  • Atto 3 Confort: 41.990 euros
  • Atto 3 Design: 43.490 euros
  • Han Executive: 72.570 euros
  • Tang Flagship: 72.570 euros

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Hyundai Kauai N-Line. Quando a irreverência enche (ainda mais) as medidas
Citroen C3 Aircross. Muito mais que um SUV urbano