Teste à Toyota Corolla Touring Sports GR Sport. Eficiência com estilo...

Automóvel familiar de excelência, com a reconhecida eficiência dos motores híbridos da Toyota, bom dinamismo, e qualidade incriticável

Luis Neves 19/01/2023 Testes

Procurando-se uma carrinha híbrida, será difícil encontrar modelo tão completo e competente como a Corolla Touring Sports. É grande sem ser gigante para o dia a dia, é extremamente espaçosa para cinco ocupantes e bagagens (598 litros) e oferece a eficiência reconhecida da motorização híbrida da Toyota. Acrescente-se a imagem dinâmica da versão "GR Sport", desenvolvida pela “Gazoo Racing”, e temos uma das carrinhas mais interessantes entre os familiares compactos.

Em Portugal, a Corolla Touring Sports GR Sport, que tem um posicionamento de preço abaixo do Corolla Touring Sports TREK e, em preço, também do Touring Sports Exclusive, por exemplo, está disponível com a tecnologia híbrida de 1,8 litros ou 2,0 litros. Testamos a motorização mais acessível (e também a mais vendida...), uma unidade sobejamente conhecida e que, com a ajudinha elétrica, debita um total de 122 cv. Pode ser menos potente face a alguns concorrentes, mas os baixos consumos e a resposta progressiva vincam o pragmatismo da tecnologia híbrida. E o visual “GR Sport” confere ‘piada’ ao conjunto.

O estilo dinâmico, é de facto, a maior diferença desta versão GR Sport, e evidencia-se em detalhes com a grelha dianteira com acabamento cromado escuro, que se estende às saias inferiores, frisos laterais e difusor traseiro específicos, jantes de liga leve de 18 polegadas, vidros traseiros escurecidos, faróis de nevoeiro, faróis de LED e cor exterior em dois tons.

Eficiência acima de performance

O sistema híbrido coloca a eficiência à frente da dinâmica e das performances, que são mais que suficientes para uma condução despachada em cidade, servida pelo constante apoio do binário instantâneo cedido pelo motor elétrico. Tudo resulta em grande facilidade de utilização.

À disposição encontram-se três programas de condução (Eco, Normal e Sport) selecionados no comando do Drive Mode, à frente do seletor da caixa de velocidades. Ao lado, o botão do modo elétrico (EV) permite dispensar os préstimos do motor térmico em curtos trajetos. A autonomia em modo emissões zero é muito reduzida, praticamente limitada a arranques nos movimentos de pára-arranca em engarrafamentos e entre semáforos. Mas o suficiente para se notar (e de que forma...) nos consumos médios. E como se costuma dizer: grão a grão...

Condução consistente e eficiente

A Corolla Touring Sports continua a dar mostras de qualidades estradistas de excelência, de condução segura e enorme estabilidade, precisão e suavidade de rolamento. O sistema híbrido é alimentado durante a condução, durante as desacelerações e travagens – deslocando-se o punho da caixa de D para B, melhora-se a capacidade de regeneração de energia e, diretamente, prolonga-se o tempo de ação com a mecânica a gasolina parada, sem consumo de combustível e emissões poluentes. E assim, consumo médio de 4,6 l/100 km.

A suspensão, apesar de não ter sido profundamente revista ou ter afinação específica para este GR Sport, demonstra um bom equilíbrio entre o conforto de rolamento e a competência dinâmica. A sensação é sempre de uma envolvência na condução.

Tratando-se de uma carrinho, logo focada na família, a bagageira oferece um espaço para 596 litros, volumetria interessante, que praticamente triplica com o rebatimento dos encostos dos bancos posteriores. Ainda na mala, iluminação com filamentos LED, rebatimento simplificado dos bancos e rede de separação entre o compartimento de carga e o habitáculo.

No interior, o ambiente é acolhedor a qualidade de todos os materiais impressiona. A que se junta os detalhes “GR”, com os bancos desportivos específicos com apoios laterais em pele, pespontos negros e vermelhos no painel de instrumentos, volante e em torno do seletor da caixa. O sistema de infoentretenimento, com monitor tátil de 8 polegadas, está ligeiramente inclinado para o condutor, é fácil de utilizar e mostra-se completo.

No resto, ergonomia e qualidade de construção que se conhecem da marca nipónica, ou seja, a roçar o perfeito. Superfícies de tato suave, em pele, por cima do tablier, e também outra zona relativamente mole na faixa central do tablier, e aplicação de plástico com efeito de piano lacado. Que também se faz acompanhar de uma vasta oferta de equipamento de segurança, como o cruise control adaptativo, assistente ativo de manutenção na faixa de rodagem e de ângulo morto ou ainda estacionamento inteligente com travagem autónoma que, além de alertar para a presença de veículos a passar na traseira, à saída de um estacionamento, imobiliza automaticamente a carrinha em situação de colisão iminente.

Se argumentos não faltassem, acresce-se ainda um detalhe sempre a ter em conta, nomeadamente a garantia de 7 anos ou 160.000 km, algo que é sempre relevante. E é importante não esquecer isso…

Em conclusão

Como será fácil entender, a Corolla Touring Sports GR Sport não tem pretensões desportivas, focando a razão de ser na máxima eficiência térmica, superior aproveitamento da energia elétrica, suavidade/silêncio de utilização e um estilo dinâmico.

O preço de 36.620 euros é algo elevado (mas o equipamento é completíssimo...), ainda assim equilibrado quando comparado com a concorrência e face às qualidades que oferece, só possíveis de encontrar em modelos do segmento acima.

MAIS

  • Imagem
  • Qualidade
  • Consumos

MENOS

  • Transmissão 
  • Preço

FICHA TÉCNICA

Toyota Corolla Touring Sports 1.8 Hybrid GR Sport

Motor: 4 cilindros em linha, gasolina + sistema híbrido 
Cilindrada (cm3): 1798
Potência: 122cv
Binário máximo (Nm): 142 + 163 Nm 
Tração: Dianteira
Caixa: automática do tipo CVT
Aceleração (0-100 km/h): 11,1 segundos
Velocidade máxima: 180 km/h
Consumo médio (anunciado): 4,3 l/100 km (WLTP)
Emissões de CO2: 97 g/km (WLTP)
Peso: 1365 kg
Preço unidade ensaiada: 36.620 euros

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Pub
Hyundai Kauai N-Line. Quando a irreverência enche (ainda mais) as medidas