Peugeot 408, 'o primeiro do seu género'

Novo modelo combina características uma berlina, de um hatchback e de um SUV. Chega em 2023

0 aos 100 22/06/2022 Noticias

A Peugeot reforça a oferta com o 408, um modelo que combina as caraterísticas uma berlina, de um hatchback e de um SUV, com um tejadilho de formato coupé, destinado a fazer a ponte entre a gama 308 e 3008 e o 508. Chega à Europa no primeiro semestre do próximo ano, exclusivamente com motorizações eletrificadas.

A marca francesa descreve o 408 como "o primeiro do seu género, tanto na história da própria marca, como no mercado automóvel no seu todo". "Com o 408, a PEUGEOT demonstra a criatividade das suas equipas e oferece uma nova silhueta fastback no topo do segmento C", acrescenta a Peugeot.

Com 4687 mm de comprimento, 1859 mm de largura, 1478 mm de altura, o 408 tem mais 440 mm de comprimento e 40 mm de altura que o 308 de cinco portas. A plataforma é a mesma.

As jantes podem chegar às 20 polegadas nas versões mais equipadas. A bagageira apresenta um volume de 536 litros que pode ser aumentado para 1.611 litros depois de rebatidos os bancos traseiros.

Veja ainda:

O interior é praticamente replicado da família 308, com a inclusão de dois ecrãs de 10 polegadas (o de instrumentação digital e o de infotainment, compatível com Apple Carplay e Android Auto), um volante de pequenas dimensões e de um sistema de som Focal com 10 altifalantes (incluindo subwoofer).

O 408 está disponível em duas versões híbridas plug-in de tração dianteira, uma com 180 cv e outra com 225 cv, que combinam um motor 1.6 de quatro cilindros a gasolina com um motor elétrico e uma caixa automática de oito velocidades.

A bateria de iões de lítio em ambas as versões híbridas plug-in tem uma capacidade de 12,4 kWh e uma potência de 102 kW. Estão disponíveis dois tipos de carregadores de bordo: um carregador monofásico de 3,7 kW proposto de série e um carregador monofásico de 7,4 kW disponível como opcional. A autonomia, em modo elétrico, não foi divulgado.

A gama fica completa com um motor 1.2 Puretech de três cilindros turbo com 130 cv com caixa automática e uma versão elétrica, a ser lançada, “alguns meses mais tarde”.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Hyundai Kauai N-Line. Quando a irreverência enche (ainda mais) as medidas
Pub