É assim o primeiro BMW M3...carrinha!

Familiar e desportivo com 510cv para toda a família e... bagagem

0 aos 100 21/06/2022 Noticias

A BMW prometeu e cumpriu: o M3 também já é “carrinha”. A primeira M3 Touring (até hoje só existiu Touring nas gerações do M5 E34 e E39) foi apresentada com 510cv e tração às quatro rodas. Chega em novembro.

A mecânica é a mesma do M3 e M4, embora só venha a estar disponível como M3 Competition Touring com M xDrive, ou seja, a versão de 510 cv com caixa M Steptronic de oito velocidades e sempre associada ao sistema de tração integral M xDrive.

O motor 3.0 TwinTurbo permite à M3 Touring acelerar dos 0 aos 100 km/h em 3,6 segundos e demorar apenas 12,9 segundos para acelerar de 0 a 200 km/h. De série, a velocidade máxima é limitada eletronicamente a 250 km/h, mas com o M Driver's Package pode chegar a 280 km/h.

Na configuração normal, a distribuição de potência entre os dois eixos tem preferência pelo traseiro. No modo 4WD Sport, envia mais potência para o eixo traseiro, enquanto a desativação do Controlo Dinâmico de Estabilidade (DSC) ativa o modo 2WD, deixando com tração traseira pura.

Segundo a BMW, no desenvolvimento do M3 Touring os engenheiros concentraram-se em encontrar o equilíbrio entre o desempenho desportivo esperado de um M3 e o conforto de condução para utilização diária e viagens de longa distância que o BMW Touring deve oferecer.

Veja ainda:

A carrinha bávara dispõe de um diferencial M especial no eixo traseiro, suspensão adaptativa M, direção variável, chassis com uma afinação mais rígida, Dynamic Stability Control e um software que controla as manobras de drift e analisa os tempos por volta. Destaque também para as jantes de 19 polegadas à frente e de 20” atrás, com travões carbocerâmicos em opção.

Até 500 litros de espaço para bagagem

A grande diferença para os restantes M3 e M4 encontra-se na bagageira com 500 litros de capacidade, extensíveis a 1510 litros com o rebatimento da segunda fila de bancos, na proporção 40:20:40.

Por fora, a M3 Touring destaca-se pela grelha específica (e que tanto deu que falar quando surgiu nos M3 e M4) pelos arcos das rodas mais pronunciados, spoiler traseiro exuberante e pelas ponteiras de escape M. Em opção existe um M Carbon Package.

Por dentro, realce para os bancos M Sport com opção de bancos em carbono. O ecrã central tem 14,9 polegadas e o sistema iDrive8 e é complementado por um painel de instrumentos de 12,3 polegadas.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Pub
Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador