Instituto Português do Sangue fez recolha na Soc. Com. C. Santos

Iniciativa ocorreu em parceria com o Instituto Português de Sangue e da Transplantação – Centro de Sangue e Transplantação do Porto (IPST – CSTP)

0 aos 100 25/04/2022 Noticias

As instalações da Sociedade Comercial C. Santos na Maia-Aeroporto receberam, a 20 de abril, uma ação de dádiva de sangue. A iniciativa ocorreu em parceria com o Instituto Português de Sangue e da Transplantação – Centro de Sangue e Transplantação do Porto (IPST – CSTP) e contou com ampla participação de colaboradores, embaixadores e clientes deste histórico concessionário Mercedes-Benz e smart.

O IPST – CSTP efetuou nas instalações da Sociedade Comercial C. Santos mais de meia centena de colheitas de sangue e componentes sanguíneos. Ao todo, esta ação contou com 71 inscritos (45 homens e 26 mulheres), sendo que 41 o fizeram pela primeira vez. Foi realizado um total efetivo de 51 colheitas.

Sob o mote “Dar Energia à Vida”, os 71 inscritos deram um grande contributo para a causa solidária da dádiva de sangue. Daquele número, a maioria dos dadores é colaboradora da Sociedade Comercial C. Santos, mas há a destacar um número importante de clientes e parceiros da empresa que dispuseram do seu tempo para darem sangue e componentes sanguíneos. Também os embaixadores e parceiros da Sociedade Comercial C. Santos se associaram à iniciativa, não só com a promoção da ação, como na própria dádiva de sangue. É o caso do mágico Mário Daniel, que foi um dos dadores de sangue e componentes sanguíneos. Também as atletas olímpicas Salomé Rocha e Catarina Ribeiro estiveram presentes e apenas não doaram sangue por estarem em plena época de competição (a dádiva interferiria com o apertado plano de treinos que têm).

“Cada ação de colheita conta. Cada dador conta. Cada unidade colhida conta. Cada dador que é fidelizado conta. Obrigado à Sociedade Comercial C. Santos por se ter envolvido nesta responsabilidade social, que é um dever, de alertar e colaborar nesta causa – a dádiva – que a todos diz respeito. Muito obrigado por este vosso gesto, que estou certo terá continuidade em termos futuros”, refere o diretor técnico do Centro de Sangue e Transplantação do Porto, Jorge Condeço.

“A dádiva regular de sangue é uma forma de salvar vidas. Cooperar com o IPST para que mais pessoas do universo Sociedade Comercial C. Santos – clientes, colaboradores, embaixadores e parceiros – possam dar o seu contributo, tanto fazendo a sua dádiva como aumentando a notoriedade de tão nobre causa é muito gratificantes para nós”, afirma o administrador-delegado da Sociedade Comercial C. Santos, Pinho da Costa.

Veja ainda:

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Pub
Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída