Campeonato Extreme E começa este fim de semana na Arábia Saudita

Uma competição exclusiva para carros elétricos

0 aos 100 17/02/2022 Desporto

O Campeonato Extreme E tem uma finalidade muito própria que se estende muito para além do entusiasmo pelos carros elétricos e pelo desporto motorizado. 

Esta competição nasce com um propósito de alertar para a necessidade da crescente preocupação com a sustentabilidade, com a desertificação de determinadas áreas, a perda da biodiversidade e também para a importância da identificação de regiões vulneráveis a nível ecológico e da biodiversidade. 

A competição começa já este fim de semana, na Arábia Saudita e, mais propriamente em Neom - esta zona foi escolhida para destacar a importância que a integração da natureza tem na sociedade. 

Esta região é também um enorme desafio para os pilotos que vão testar os seus SUV Elétricos Odyssey 21 num terreno agreste e cheio de desafios. Com diferentes tipos de piso e com obstáculos naturais aleatórios, os pilotos terão de ser o mais rigorosos possíveis. Qualquer hesitação ou erro pode atrasá-los e comprometer os seus objetivos. 

São 10 as duplas que competem neste fim de semana:

  • ABT Cupra XE: Jutta Kleinschmidt & Nasser Al Attyah
  • Acciona | Sainz XE Team: Laia Sanz & Carlos Sainz
  • Chip Ganassi Racing: Sara Price & Kyle Leduc
  • Genesys Andretti United Extreme E: Catie Munnings & Timmy Hansen
  • JBXE: Molly Taylor & Kevin Hansen
  • McLaren Racing: Emma Gilmour & Tanner Foust
  • Rosbereg X Racing: Mikaela Ahlin-Kottulinsky & Johan Kristoffersson
  • Veloce Racing: Christine Gz & Lance Wodridge
  • X44: Cristina Gutiérrez & Sébastien Loeb
  • Xite Energy Racing: Tamara Molinaro & Oliver Bennett

Esta é a segunda temporada desta competição que é muito mais que um conjunto de corridas. 

Em todas as épocas é escolhida uma causa que é apoiada pela organização e que funciona como todos podem fazer mais. Em 2021, na época inaugural do Extreme E, foi apoiada a Ba’a Foundation, uma organização que concentra o seu trabalho na luta pela preservação das tartarugas e de todo o seu habitat ao longo da Costa do Mar Vermelho. Este ano a causa está relacionada com a preservação e proteção dos recifes de coral que existem no Mar Vermelho. 



Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Pub
Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída