DECO Proteste revela os carros mais fiáveis

Índice de fiabilidade com base em inquérito europeu revela quais os modelos mais fiáveis.

0 aos 100 09/02/2022 Noticias

A DECO Proteste divulgou os dados de um inquérito efetuado a mais de 52.000 condutores europeus, entre os quais 5.606 portugueses, sobre a fiabilidade dos seus automóveis, tendo sido atribuída uma pontuação de uma a cinco estrelas consoante as respostas.

O índice de fiabilidade foi calculado em função do número de visitas à oficina, sem considerar as necessárias para a manutenção regular do veículo nem arranjos devido a algum acidente. Quanto maior a quantidade e gravidade das avarias, pior o índice de fiabilidade.

As avarias mais comuns, apontadas em 17% dos veículos, verificaram-se no sistema elétrico (excluindo o motor), que inclui luzes, fecho centralizado das portas ou sistema limpa-vidros, entre outros. As marcas Alfa Romeo, Chevrolet, Citroën, Fiat, Lancia, Nissan, Opel, Renault, Seat e Volkswagen foram as que revelaram uma maior incidência de falhas nesta área.

O sistema de travagem foi o segundo com mais problemas, reportado em 13% das viaturas. Por se tratar de uma falha que pode ameaçar a vida dos ocupantes, tem mais peso na análise.

As marcas que revelaram mais problemas nos travões foram Alfa Romeo, Chevrolet, Citroën, Fiat, Ford, Lancia, Mercedes, Mini, Opel e Volvo.

Veja ainda: 

Também importantes para determinar a fiabilidade de um veículo são os problemas no motor (tanto nos de combustão como nos elétricos), no sistema de alimentação (no caso dos modelos a combustão), nas baterias de tração (nos elétricos) e nos equipamentos de segurança ativa.

Os motores de combustão registaram 8% de avarias, com as marcas Alfa Romeo, Audi, Chevrolet, Citroën, Fiat, Ford, Lancia, Land Rover, Opel, Renault e Volvo a verem apontados mais problemas do que a média.

As avarias nos motores elétricos foram referidas em 2% dos modelos híbridos e elétricos, com a BMW, a Citroën e a Tesla a registarem uma maior incidência de falhas.

As baterias de tração dos motores elétricos avariaram em 4% dos veículos, com a Ford a superar a média. Ao equipamento de segurança ativa foram apontadas 2% de falhas, sendo que a Audi, a Jeep e a Nissan revelaram mais problemas do que as restantes marcas.

Na lista, com os piores resultados, surgem a Renault Espace e o Opel Astra 1.5 CDTi, ambos a gasóleo e nos stands desde 2015, como as duas versões menos fiáveis do estudo, com apenas duas estrelas.

O Volvo V50 1.6 a gasóleo (vendido entre 2007 e 2012) é a terceira versão com apenas duas estrelas na fiabilidade.

Por categorias: citadinos e utilitários, familiares, MPV e SUV.

Citadinos e utilitários (com 5 estrelas):

KIA Rio 1400
Hyundai i20 1000
Honda Jazz 1500 Híbrido
Suzuki Swift 1200 Híbrido
Ford Fiesta 1000
Suzuki Celerio 1000
Peugeot 108 1200
Fiat 500X 1000
Fiat Panda 1000 Híbrido
Toyota Yaris 1500 Híbrido

(com 3 estrelas):

Fiat Panda 1200
Fiat Grande Punto 1300 D
Fiat 599 1300 D
Fiat Grande Punto 1200
Fiat Punto 1300 D

Familiares (com 5 estrelas):

Toyota Corolla 2000 Híbrido
Lexus IS 2500
Lexus UX 2000 Híbrido
Toyota Corolla 1800 Híbrido
Skoda Octavia 1200
Hyundai Ioniq 1600 Híbrido
Toyota Auris 1800 Híbrido
Toyota Prius 1800 Híbrido
Lexus CT200H 1800 Híbrido
Toyota Prius + 1800 Híbrido

(com 2 estrelas):

Volvo V50 1600 D
Opel Astra 1500 D

MPV (com 5 estrelas):

Volkswagen Touran 1500
Toyota Verso-S 1300
Toyota Verso 1800
Citroën C4 Spacetourer 1200
Citroën C4 Spacetourer 1500 D
Toyota Verso 1600
Mercedes Classe B 1600
Ford B-Max 1000
Renault Scénic 1300
Toyota Verso 2000 D

(com 2 estrelas):

Renaul Espace 1600 D

SUV (com 5 estrelas):

Vokswagen T-Roc 1600 D
Toyota RAV-4 2500 Híbrido
Audi Q3 1500
Hyundai Kauai 1000
Lexus NX 2500 Híbrido
Mazda CX-3 2000
KIA Niro 1600 PHEV
BMW X1 2000
Toyota RAV-4 2500 Híbrido
Subaru XV 1600

(com 3 estrelas):

Nissan Qashqai 1500 D
Mini Countryman 1600 D
Ford Kuga 2000 D
Peugeot 5008 1600 D
Jeep Compass 1300

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Hyundai Kauai N-Line. Quando a irreverência enche (ainda mais) as medidas
Pub