Lancia garante: novo Delta será 'um verdadeiro Delta, um carro emocionante'

Delta dos tempos modernos chega em 2026. O regresso do HF Integrale?

0 aos 100 07/10/2021 Noticias

Luca Napolitano, CEO da Lancia, garantiu que o novo Delta, que tem lançamento confirmado para 2026, será “um verdadeiro Delta, um carro emocionante, um manifesto de tecnologia e progresso”.

O mesmo responsável também garantiu que o Delta dos tempos modernos “obviamente será elétrico”. Ao contrário do Ypsilon, que será comercializado nas versões térmica e elétrica, o Delta apostará exclusivamente em tecnologia elétrica.

Estará assente na plataforma Stellantis STLA Medium para elétricos dos segmentos C e D. Esta arquitectura será capaz de alojar baterias entre 87 e 104 kWh de capacidade, oferecendo uma autonomia máxima de 700 km WLTP.

Além disso, poderá equipar dois tipos de módulo de acionamento elétrico: um entre 170 cv (125 kW) e 245 cv (180 kW) e outro entre 204 cv (150 kW) e 449 cv (330 kW).

Veja ainda:

Uma vez que a plataforma STLA Medium será capaz de oferecer tração às quatro rodas, há grandes possibilidades de que a Lancia reedite a lendária versão desportiva HF Integrale.

Dado que o Delta será desenvolvido em paralelo com o Alfa Romeo Giulietta, ambos também deverão partilhar a mesma motorização nas suas variantes mais desportivas (Quadrifoglio Verde e GTA no caso do Alfa Romeo).

Além do Delta, o regresso da Lancia, agora com posicionamento mais elitista, alinhada com a Alfa Romeo e a DS, será feito com mais dois modelos, um modelo de segmento B para substituir o Ypsilon (previsto para 2024) e a reedição do Musa, agora em formato de SUV.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída
Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador