Miguel Oliveira e os maus resultados: 'São pequenos fatores. Não gosto de conspirações'

Português lamenta 'pequenos fatores' que têm limitado os resultados nesta temporada

0 aos 100 17/09/2021 Desporto

Miguel Oliveira, que tem apenas dois pontos nas derradeiras quatro corridas do MotoGP, lamentou a existência de "pequenos fatores" que têm limitado o seu desempenho nas últimas corridas.

"Acredito que são pequenos fatores que não estão ligados. Não gosto de conspirações. Não quero ir mais fundo nem ter um entendimento diferente", sublinhou o piloto de Almada, citado pela Agência Lusa, na conferência de imprensa em São Marino.

Ainda assim, Oliveira recusa a ideia de que os resultados mais modestos estejam relacionados com a lesão no pulso direito sofrida nos treinos livres do GP da Estíria, em junho.

"Não, não acho [que a lesão seja a causa]", sublinhou.

O piloto português, que já soma uma vitória esta temporada, em Barcelona, mostra-se confiante para o Grande Prémio de São Marino, tendo sido o sexto mais rápido na segunda sessão de treinos livres, depois de ter sido 22º na primeira sessão.

 

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída
Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador