Híbridos Plug-in da Volvo ganham autonomia para 90 km

Novas motorizações para os modelos Recharge Plug-in Hybrid

0 aos 100 15/09/2021 Noticias

A gama Recharge Plug-in Hybrid da Volvo, nomeadamente os S60, V60, XC60, S90, V90 e XC90 Recharge, vão ganhar novas motorizações, que permitirão aumentar a autonomia em modo elétrico (ciclo WLTP) com um único carregamento para cerca de 90 km.

Segundo os estudos da empresa de consultoria SIGMA, estima-se que, em média, o utilizador de um automóvel premium híbrido plug-in circule cerca de 50 km por dia, pelo que a Volvo crê que a partir de agora a maioria dos seus clientes com capacidade de carregamento doméstico poderá passar a fazer as suas deslocações diárias em modo exclusivamente elétrico.

Veja ainda:

Nas melhorias contam-se uma nova bateria com camada de células que sobe a energia nominal de 11.6kWh para 18.8kWh e ainda um motor elétrico traseiro mais potente, agora com 145 cv, o que sobe para 350 cv a potência total combinada nos modelos Recharge T6 e para 455 cv nos Recharge T8.

Os novos motores também serão capazes de fornecer uma potência adicional às rodas traseiras na ordem dos 65%.

O upgrade inclui ainda função one-pedal drive –modo que permite controlar a aceleração e a desaceleração somente com o pedal do acelerador – em modelos específicos. 

Com as novas motorizações, a Volvo estima que conseguirá reduzir o nível de emissões de CO2 até 50% (ciclo WLTP).

«Estamos em 2021. As pessoas não devem continuar a depender da gasolina ou do diesel para estes trajetos. Estes nossos novos modelos híbridos plug-in oferecem toda a autonomia elétrica necessária à vida diária das pessoas», afirmou Henrik Green, Chief Technology Officer da Volvo Cars.

As novas unidades já podem ser encomendadas, estimando-se a sua chegada ao mercado nacional para o primeiro trimestre do próximo ano.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!