Mercedes abandona desenvolvimento de híbridos plug-in

Tecnologia híbrida plug-in tem os dias contados na Mercedes

0 aos 100 10/09/2021 Noticias

A Mercedes-Benz revelou que vai abandonar o desenvolvimento da tecnologia híbrida plug-in.

Em declarações ao jornal alemão Handelsblatt durante o Salão de Munique, o IAA Munique, o responsável de desenvolvimento justificou a decisão com a complexidade e os custos elevados desta tecnologia (vista pela maioria dos construtores como uma solução de transição para a eletrificação pura).

Markus Schäfer explicou que os híbridos plug-in possuem duas unidades de propulsão, uma elétrica e outra a combustão, uma solução complexa e dispendiosa comparativamente à tecnologia elétrica simples.

“É um fardo de custos para o veículo”, admitiu Schäfer, o que não significa, contudo, que haverá novos modelos híbridos Plug-in da Mercedes-Benz, uma vez que o investimento já foi feito.

As atenções na Mercedes-Benz estão todas centradas nos elétricos, algo evidente nos últimos lançamentos do construtor alemão, nomeadamente o EQS, EQE e EQB, todos modelos elétricos.

Aliás, o construtor alemão estima que em 2030 conseguirá oferecer uma gama totalmente elétrica nalguns mercados.

Veja ainda:

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!