Procura por usados dispara e já há 'escassez de viaturas até 10 mil euros'

Compra de automóveis usados sobe a níveis pré-pandemia

0 aos 100 08/08/2021 Noticias

A pandemia e a instabilidade económica que gerou alterou significativamente a procura por carros novos, incidindo-se no mercado de usados, onde se verifica agora uma escassez de viaturas mais baratas até 10.000 euros.

É o que revela os dados do barómetro do mercado automóvel, desenvolvido pela plataforma Standvirtual, em parceria com a Associação do Comércio Automóvel de Portugal (ACAP). “Verifica-se ainda uma escassez de viaturas mais baratas até 10.000€, mas também de viaturas no segmento seguinte de 20.000€, que a partir de março apresentam tendência de queda”, pode ler-se no documento divulgado.

Por outro lado, verifica-se um aumento generalizados dos preços dos automóveis usados, em praticamente totalidade de patamares de preço e tipo de veículos, seja a gasolina ou gasóleo.

Veja ainda:

O estudo concluiu ainda que “a escassez de oferta e a dificuldade de repor stocks faz com que os comerciantes tenham de pagar mais caro pelos veículos, o que se reflete também no preço para o consumidor final”.

Além disso, o administrador da Só Barroso, Américo Barroso, alertou para os problemas de abastecimento e respetivas consequências para o mercado:

“Temos de ter cuidado com o preço que praticamos na venda. Estamos a vender carros que, se quisermos repor o stock, vamos pagar mais caro do que estamos a vender, nesta fase de escassez de produto”, frisou.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Hyundai Kauai N-Line. Quando a irreverência enche (ainda mais) as medidas
Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída