Porsche evita atrasos na produção com semicondutores falsos

Porsche encontra uma solução temporária para a escassez de microchips

0 aos 100 04/08/2021 Noticias

A escassez dos semicondutores, os microchips, está a causar um verdadeiro caos na indústria automóvel. Fontes da Mercedes apontaram para uma normalização da situação ao longo de 2022, mas fontes da Volkswagen apontam para o início de 2024. Uma situação que está a levar a atrasos nas entregas em até um ano. Algo que a Porsche pretende evitar.

A solução encontrada pelo construtor alemão passa pela instalação de chips falsos e temporários que levará posteriormente a uma recolha global para substituir pelos verdadeiros semicondutores.

A fabricante alemã produz esses microchips que funcionam como um “marcador de posição”, para depois os substituir pelos definitivos assim que estiverem disponíveis.

Veja ainda:

Em declarações ao “Stuttgarter Zeitung”, Oliver Blume, diretor da Porsche, garantiu que os clientes podem ter certeza de que esses chips só serão utilizados ​​em funções não essenciais dos modelos, que não afetam o verdadeiro funcionamento normal.

O responsável não especificou quais são os sistemas específicos envolvidos, garantindo apenas que não comprometem a segurança.

Blume realçou ainda que não há outra forma de solucionar o problema, já que de outra forma o construtor não poderia garantir qualquer prazo de entrega dos modelos.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!