Volkswagen e BMW multadas em 875 milhões por cartel na redução de emissões

Todas as partes reconheceram o seu envolvimento no cartel e concordaram em resolver o caso através de um acordo

0 aos 100 08/07/2021 Noticias

A Comissão Europeia multou o grupo Volkswagen (Volkswagen, Audi e Porsche) e a BMW em 875 milhões de euros, após concluir que estes fabricantes automóveis formaram um cartel no domínio da redução das emissões de óxido de azoto.

A investigação concluiu que o fabricantes alemães, assim como a Daimler, infringiram as regras da União Europeia sobre práticas anticoncorrenciais ao conluiarem sobre desenvolvimentos técnicos no domínio do controlo de emissões para os carros a gasóleo entre junho de 2009 e outubro de 2014, não tendo a Daimler sido multada dado ter revelado a existência do cartel a Bruxelas.

A Comissão revelou que todas as partes reconheceram o seu envolvimento no cartel e concordaram em resolver o caso através de um acordo, tendo por isso o grupo Volkswagen e a BMW visto as respetivas multas serem reduzidas em 10%, cabendo-lhes ainda assim pagar, respetivamente, 502 milhões e 372 milhões de euros.

Veja ainda: 

A vice-presidente executiva responsável pela política de Concorrência, Margrethe Vestager, observou que “os cinco fabricantes de automóveis – Daimler, BMW, Volkswagen, Audi e Porsche – tinham a tecnologia para reduzir as emissões nocivas para além do que era legalmente exigido pelas normas de emissões da UE, mas evitaram competir uns com os outros, não utilizando todo o potencial desta tecnologia para ir além do nível de limpeza legalmente exigido”.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Hyundai Tucson 1.6 TGDi 48V. SUV com personalidade!
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!