Ineos Grenadier. Agora o interior

Já o conhecíamos por fora, mas agora também o interior do Grenadier, o 4x4 inspirado no Defender original, foi divulgado. É moderno e tem comandos no tejadilho

0 aos 100 07/07/2021 Noticias

Era um dos momentos mais esperados dos últimos tempos e confirma-se a expectativa: o interior do Ineos Grenadier pouco ou nada tem a ver com o Land Rover Defender original, ao contrário do exterior, inspirado no Defender original.

O primeiro modelo da Ineos, declaradamente sucessor do antigo Land Rover Defender, tem um interior desenhado a partir de uma folha em branco, que se destaca por um estilo ousado.

É o caso do painel de instrumentos posicionado ao centro ou os interruptores no tejadilho. "Quando começámos a pensar no interior do Grenadier, analisámos cuidadosamente aeronaves, barcos e, até mesmo, tratores modernos, para nos inspirarmos quanto ao posicionamento dos comutadores para uma funcionalidade ótima, em que os comandos mais utilizados ficam ao alcance das mãos, e os auxiliares um pouco mais afastados," afirmou Toby Ecuyer, Responsável pelo Design. "A mesma abordagem pode ser vista no Grenadier: a disposição é funcional e lógica, concebida a pensar na facilidade de utilização. Tem tudo aquilo de que necessita e nada daquilo de que não precisa".

O interior conta com interruptores e mostradores ao centro, e consolas de tejadilho, onde foram incorporados interruptores auxiliares, pré-cablados para apoiarem a adição de guinchos, luzes de trabalho e outros acessórios.

O acesso ao sistema de informação e entretenimento é feito através do ecrã tátil de 12,3 polegadas ou utilizando o seletor rotativo. Conta com integração Apple CarPlay e Android Auto.

A Ineos adianta que o os materiais de revestimento são de elevada resistência ao desgaste, incluindo tampões de drenagem montados no piso em borracha, e estofos de limpeza fácil, o que significa que o interior pode ser lavado à mangueira.

Veja ainda:

O Grenadier é feito com base num chassis de travessas e longarinas e está a ser desenvolvido em conjunto com a Magna Steyr. Contará com motores de seis cilindros a gasolina e Diesel de origem BMW, acoplados a uma caixa automática de oito velocidades de origem ZF.

Cento e trinta protótipos Grenadier da segunda fase estão atualmente a metade do caminho até chegar à meta de 1,8 milhões de quilómetros de duros ensaios à volta do mundo.

As encomendas do Grenadier arrancam em outubro de 2021 e as entregas terão início em julho de 2022.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Yaris 1.5 híbrido. Espécie evoluída
Nissan Juke 1.0 DIG-T N-Design: Perfil ganhador