BMW inicia testes do X5 a hidrogénio

Lançamento está previsto para o final de 2022

0 aos 100 03/05/2021 Noticias

A BMW confirmou o arranque do programa de testes do i Hydrogen NEXT, um X5 alimentado a hidrogénio, que deverá chegar ao mercado “em pequenas séries”, no final de 2022.

O i Hydrogen NEXT conta com dois depósitos de plástico reforçado com fibra de carbono capazes de armazenar um total de 13,2 lbs (6 kg) de hidrogénio, permitindo que o reabastecimento seja efetuado em somente 3 a 4 minutos, aproximando-o do tempo necessário para abastecer de gasolina ou gasóleo.

Apesar dos escassos 6 kg, a BMW garante que é o suficiente para uma autonomia de 600 km.

O hidrogénio é utilizado para gerar eletricidade, que alimenta um motor elétrico montado na traseira que produz até 374cv. Conta ainda com uma bateria de alta tensão que pode ser utilizada para oferecer um “extra de dinâmica ao ultrapassar ou acelerar”.

Veja ainda:

A BMW realça que os veículos movidos a hidrogênio têm uma série de vantagens em comparação com os elétricos, incluindo tempos de reabastecimento rápidos semelhantes aos dos veículos de combustão.

Ainda assim, reconhece que "as condições necessárias para ser capaz de oferecer aos seus clientes um veículo a hidrogénio ainda não estão disponíveis". Em particular, a falta de infraestruturas de reabastecimento de hidrogênio, observando ainda que “o hidrogénio verde deve estar disponível em quantidades suficientes e produzido a preços competitivos”.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ao volante do Hyundai Kauai Hybrid. Inteligência funcional
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!