EQB, o primeiro SUV elétrico de sete lugares da Mercedes

Novo elétrico derivado do GLB chega no fim do ano numa versão de 292 cv e mais de 400 km de autonomia

0 aos 100 18/04/2021 Noticias

A ofensiva elétrica da Mercedes continua a ganhar forma (e de que forma...), agora com o EQB, a variante elétrica do Classe B e o primeiro elétrico de sete lugares da marca alemã, com lançamento previsto para o último trimestre do ano.

O EQB tem 4684 mm de comprimento (5 cm a mais comparativamente com o GLB), 1834 mm de largura, 1667 mm de altura, 2829 mm de distância entre eixos e tem opção com três filas de bancos. A bagageira pode variar entre os 465 litros (sete lugares) e os 1710 litros de capacidade.

Em relação à mecânica, ainda nada é oficial, mas deverá recorrer ao mesmo sistema utilizado no EQA 250, o que significa que será utilizada na versão base um motor dianteiro de 140 kW/190 cv. No topo está prevista uma variante EQB 350 4Matic com tração integral/dois motores a debitar 215 kW/288 cv.

A autonomia, que não foi anunciada, deverá ficar ligeiramente abaixo dos 426 km de autonomia do EQA. Com um carregador ultrarrápido de 100 kW, será possível conseguir mais de 300 km de autonomia em meia hora.

Veja ainda:

Por fora, o EQB difere do GLB por detalhes específicos da gama elétrica EQ, como a grelha fechada em preto e pela assinatura luminosa específica, com luzes diurnas e farolins a serem formados por tiras em LED (tal como sucede com o EQA) e novos para-choques.

O EQB surge ainda com jantes específicas com até 20 polegadas, com opção de dois ou três tons (com detalhes em azul ou ouro rosa).

Os preços para Portugal são ainda uma incógnita, mas deverão ser ligeiramente superiores aos do EQA, que começa nos 53.750 euros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!
Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV