Radares 'caçam' mais de 45 milhões de euros em multas

Mais de 750 mil das multas aplicadas no ano passado foram por excesso de velocidade, a única infração que aumentou face a 2019

0 aos 100 30/03/2021 Noticias

As multas por excesso de velocidade foram o único tipo de infração ao Código da Estrada a registar um aumento em 2020. Nada menos que 14,5%, face a 2019, segundo dados divulgados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

A maioria dos condutores apanhados em excesso de velocidade foram “caçados” pelos radares da ANSR (461 mil), seguindo-se os da GNR e PSP, enquanto a Polícia Municipal de Lisboa foi a única a registar menos infrações.

Ao todo, mais de 764 mil veículos foram apanhados em excesso de velocidade o que, à coima mínima de 60 euros, permitiu ao Estado arrecadar 45,8 milhões de euros, escreve Correio da Manhã.

Veja ainda:

Estas 764 mil viaturas foram identificadas em excesso de velocidade foram responsáveis pela maioria das multas de trânsito aplicadas em 2020, ano em que se registaram um total de 1,2 milhões de infrações de diversas tipologias. Contas feitas, estas multas valeram um mínimo de 83 milhões de euros.

O presidente da ASNR, Rui Ribeiro, já confirmou que vão ser instalados mais 50 radares nas estradas portuguesas, dez dos quais que controlam a velocidade média que os veículos entre dois pontos da estrada. 

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV
Ao volante do Hyundai Kauai Hybrid. Inteligência funcional