Jaguar Land Rover diz que perde 100 mil vendas por má reputação dos seus modelos

CEO do grupo admite que insatisfação dos clientes prejudica vendas

0 aos 100 04/03/2021 Noticias

Ao mesmo tempo que avança com um ambicioso plano interno de reestruturação e foca os investimentos na eletrificação, o grupo Jaguar Land Rover enfrenta sérios problemas que envolvem a reputação e qualidade dos seus modelos, que normalmente aparecem em posições pouco abonatórias em estudos de fiabilidade, o que tem prejudicado fortemente as vendas.

Em declarações à Automotive News, o próprio CEO do grupo, Thierry Bollore, reconheceu o problema e admitiu que o impacto negativo na imagem da Jaguar Land Rover é preocupante. "A insatisfação dos nossos clientes prejudica as vendas. As oportunidades perdidas são enormes. São mais de 100.000 vendas ​​que poderíamos realizar", afirmou.

Veja ainda:

Tanto a Jaguar como a Land Rover figuram regularmente entre as marcas com pior desempenho em estudos de qualidade. Ballore afirmou que estão a ser feitas "melhorias dramáticas" e que espera reverter a situação o quanto antes.

“Estamos a reduzir a complexidade dos nossos modelos. O resultado será que menos coisas podem resultar em defeito porque o processo não será tão complexo”, explicou.

Segundo o professor de economia empresarial da Birmingham Business School, David Bailey, os problemas de qualidade da Jaguar Land Rover vêm desde os tempos em que a Ford era proprietária da empresa, entre 2000 e 2008, a que se junta a má fama dos carros britânicos.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Hyundai Tucson 1.6 TGDi 48V. SUV com personalidade!
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!