O que é e como funciona a tecnologia híbrida e-Power do novo Qashqai?

Nova geração abandona os motores a gasóleo e ganha uma motorização 'elétrica' com extensor de autonomia

0 aos 100 18/02/2021 Noticias

Tal como o Juke e o Micra, o novo Qashqai abandona em definitivo os motores a gasóleo, estreando em seu lugar a tecnologia híbrida “E-Power”. Uma mecânica elétrica de 188cv, alimentada por um motor a gasolina de 154cv, sem qualquer ligação à tomada.

O sistema E-Power do Qashqai é composto por uma pequena bateria de iões de lítio de 1,5 kWh e uma mecânica que integra um motor a gasolina 1.5 Turbo de 154cv com taxa de compressão variável, gerador de energia, inversor e motor elétrico de 140kW (188cv) - potência equivalente aos elétricos da Nissan.

"É uma solução única que combina aceleração linear simples e agradável, característica de um automóvel elétrico, mas sem a necessidade de carregamento", explica a Nissan em comunicado. 

Ao todo, o conjunto desenvolve uma potência máxima de 190cv. A peculiaridade do sistema é que o motor elétrico é responsável pela movimentação das rodas dianteiras, enquanto o motor a gasolina funciona apenas como gerador de energia para recarregar a bateria, o que reduz consideravelmente o consumo e as emissões de CO2.

A vantagem é que o condutor tem toda a potência imediata (logo os 190cv), sem qualquer atraso, como em qualquer elétrico. É até possível conduzir apenas com o pedal do acelerador, através da tecnologia "e-pedal" -é possível arrancar, acelerar e desacelerar apenas com o pedal do acelerador.

A Nissan ainda não adiantou a média de consumo do motor a gasolina ou as performances, algo que deverá ser revelado mais perto do lançamento, que acontecerá apenas no final do ano.

As versões e-POWER, de resto, apresentam três modos de condução: Standard, Sport e Eco. No modo Standard, o Qashqai beneficia de uma aceleração excelente e a regeneração do motor elétrico é melhorada para simular a travagem do motor de um automóvel a gasolina convencional.

No modo Sport, o Qashqai conta com ainda melhor resposta de aceleração com tempos de desativação do motor elétrico reduzidos, principalmente em cenários de condução desportiva. Em Eco, o Qashqai entra em modo de poupança de combustível otimizando a gestão da bateria e permitindo que o condutor selecione um modelo de velocidade de cruzeiro para condução económica em autoestrada.

Veja ainda:

Em todos os modos, é possível selecionar o modo B adicional, que aumenta a recuperação de energia em desaceleração, permitindo abrandar o automóvel de forma mais eficiente sem utilizar o pedal do travão.

O novo Qashqai com e-POWER não só acelera mais rapidamente do que os automóveis híbridos, como também o faz com menor rotação do motor. O sistema funciona de forma muito silenciosa, quase como num automóvel totalmente elétrico, e está afinado para o melhor equilíbrio entre o ruído do motor a gasolina e a aceleração do automóvel, graças à manutenção da relação entre a rotação do motor e a velocidade em estrada.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Hyundai Tucson 1.6 TGDi 48V. SUV com personalidade!
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!