GNR apreende camião por manipulação de emissões

Proprietário vai responder pelos crimes de poluição e falsificação de notação técnica

0 aos 100 13/01/2021 Noticias

A GNR apreendeu esta terça-feira (12 de janeiro), no Barreiro, um camião que circulava com um dispositivo destinado a inibir a utilização de AdBlue.

Em comunicado, a autoridade refere que o pesado de mercadorias circulava com "indícios de manipulação e viciação do valor das emissões de óxido de azoto que o seu veículo emitia".

A GNR adianta ainda que os militares apuraram que o camião "circulava com um dispositivo que se destinava a inibir o uso de AdBlue do veículo, aumentando desta forma as emissões prejudiciais de óxido de azoto e adulterando os dados de controlo a que o mesmo se destina a registar, bem como as quantidades de gases poluentes emitidas".

Veja ainda: 

O veículo foi apreendido, para realização de peritagem, tendo sido identificado o proprietário, que vai responder pelos crimes de poluição e falsificação de notação técnica.

A Guarda Nacional Republicana realçou que, “para além da gravidade criminal e contraordenacional destes ilícitos, o uso de *AdBlue *no Sistema SCR (Selective Catalytic Reduction) tem como objetivo reduzir significativamente as emissões de óxido de azoto prejudiciais ao ambiente e dessa forma cumprir com os rigorosos limites de emissões de gases estabelecidos pelas normas europeias (Euro 6) e americanas, para os veículos automóveis”.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!