10 coisas para aprender sobre o carro elétrico

Principais dúvidas são sobre questões práticas, tais como se são todos automáticos ou se o aquecimento afeta o consumo de baterias

0 aos 100 14/12/2020 Noticias

No terceiro trimestre de 2020, as vendas de automóveis elétricos e híbridos cresceram 121% nos principais mercados europeus, de acordo com a European Automobile Manufacturers Association. Este aumento também pode ser extrapolado com o aumento de questões que podem ser encontradas na Internet: mais de 66 milhões de resultados de pesquisa para "questões sobre o veículo elétrico".

Com a ajuda de António Salinas, professor do Centro de Aprendizagem de Eletromobilidade da SEAT (eLC), podemos esclarecer algumas destas dúvidas.

1. Todos os veículos elétricos são automáticos?

Sim, os veículos elétricos não precisam de uma caixa de velocidades, só têm um sistema para reduzir as rotações. A razão está na forma como um motor elétrico funciona, que fornece a potência e o binário para que possa conduzir as rodas diretamente.

2. E os híbridos plug-in também são exclusivamente automáticos?

Nos veículos híbridos plug-in, especificamente no caso da família Leon e-HYBRID, utilizando o motor de combustão, pode escolher entre a condução automática ou a seleção manual da engrenagem adequada. A condução é sempre automática em modo elétrico.

3. Têm um tubo de escape?

Os veículos elétricos não precisam de um tubo de escape, pois não têm qualquer tipo de combustão. No entanto, nos veículos híbridos plug-in, o motor de combustão requer tal instalação.

4. Um motor elétrico pode ser manuseado?

Não. Não é necessário nem aconselhável. O sistema elétrico é identificado por uma cor laranja específica e só deve ser manuseado por um especialista.

Veja ainda:

5. A utilização do aquecimento e das luzes afeta a vida útil da bateria?

Num veículo elétrico tudo funciona com a energia armazenada na bateria, desde o motor até ao aquecimento, luzes ou música. Por conseguinte, afeta o consumo de baterias e deve ser tomado em consideração. Num veículo híbrido plug-in, em modo elétrico, as circunstâncias são as mesmas, e no modo de combustível funciona com gasolina, pelo que o afeta em menor medida.

6. Têm menos espaço interior do que os mesmos modelos a gasolina?

Quando um veículo elétrico é projetado como tal desde o início, a bateria está localizada na parte inferior do chão, o que até permite interiores mais espaçosos. Nos veículos híbridos plug-in, a bateria está localizada nos espaços externos disponíveis, é menor e geralmente não afeta o habitáculo.

7. Há algum risco com o sistema elétrico em caso de chuva?

Não, nada mesmo. No caso de veículos elétricos ou híbridos movidos a eletricidade, o sistema de alta tensão incorpora medidas de segurança suficientes para o tornar totalmente seguro. Muitas destas medidas são agrupadas na unidade de controlo da bateria, que desliga automaticamente o sistema em caso de avaria.

8. O depósito de combustível num híbrido plug-in é menor?

Não necessariamente. Normalmente tem um pouco menos de capacidade, mas como o veículo é mais eficiente e tem um modo elétrico, a autonomia total não será reduzida. 

9. O que deve ser tomado em consideração ao carregar a bateria?

O processo de carregamento da bateria é tão simples e seguro como ligar um aparelho doméstico. Deve ter em conta algumas instruções, tais como bloquear as portas ou ter o travão de estacionamento ligado e, além disso, olhar para as indicações de luz para saber que processo está a seguir: carga programada, carregamento ou carga completa.

10. Requerem alguma manutenção adicional?

Não, o sistema de tração elétrica, tanto em elétricos puros como híbridos plug-in, não requer manutenção específica. E no que diz respeito ao motor de combustível, a sua manutenção segue o calendário convencional, tendo em conta que funciona em condições muito mais favoráveis.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!
Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV