Nissan mostra novo Qashqai ainda camuflado

Confirmada a ausência de motores Diesel e a estreia da motorização e-Power (motor a gasolina como gerador do motor elétrico)

0 aos 100 14/11/2020 Noticias

O novo Qashqai só vai ser desvendado na primavera do próximo ano, mas a Nissan já confirmou vários detalhes sobre a nova geração do SUV, confirmando desde já a ausência de qualquer motorização a gasóleo. 

Desaparece assim a oferta de motores dCi (1.5 e 1.7). Em seu lugar surgirá a mecânica e-Power, que não é mais que uma motorização elétrica equipada com extensor de autonomia (um motor a gasolina a funcionar como gerador para alimentar a bateria, que por sua vez alimenta o motor elétrico).

A Nissan adianta que as especificações e detalhes técnicos completos sobre a motorização e-POWER serão apresentados aquando da sua introdução no mercado.

A oferta mecânica ficará completa com o motor de 1.3 litros a gasolina, já dotado de tecnologia semi-híbrida, com 140 e 160cv.

De resto, o novo Qashqai será o primeiro modelo da Nissan na Europa a utilizar a plataforma CMF-C, o que lhe permitirá a redução de peso (na ordem dos 60 kg) e o reforço da rigidez estrutural (graças ao uso de aço de alta resistência). A juntar a isso, serão utilizadas portas, para-choques e capot em alumínio (contribuindo para uma poupança de 21 kg na balança) e além da tampa da mala e da tampa do depósito de combustível em material compósito (o que equivale a menos 2,6 kg).

«O novo Qashqai vai mudar aquilo que os clientes podem esperar de um automóvel familiar. O conforto, refinamento e tecnologia característicos de automóveis de gamas mais altas aliam-se a uma experiência de condução que irá satisfazer condutores e passageiros.», garante Gianluca de Ficchy, Presidente da Nissan Europa.

Esta nova base permitirá que o Qashqai seja 32 mm mais comprido (para 4426 mm), 35 mm mais largo (para 1841 mm), 25 mm mais alto (para 1615 mm, em parte em virtude de um aumento da altura ao solo) comparativamente com o modelo atual, o que beneficiará a habitabilidade (graças a 20 mm adicionados à distância entre eixos) e também a capacidade da bagageira que aumentará 50 litros (chegando aos 480 litros).

Veja ainda:

Os modelos 4×2 terão jantes de 19 polegadas e barra de torção no eixo traseiro. Já os 4×4 terão jantes de 20 polegadas e contarão com uma configuração multibraços.

Em termos tecnológicos, a Nissan confirma a introdução da mais recente evolução do sistema de condução semiautónoma ProPilot. Esta tecnologia conta com um aviso de colisão dianteira mais elaborado, possibilita manobras “stop and go”, movimentos da direção mais suaves, um ajuste automático da velocidade e intervém automaticamente caso detete algum obstáculo no “ângulo morto”.

Novidade será também o sistema de luzes inteligente que permite desligar parte dos LED (incorporados de série no novo modelo) de modo a evitar o encadeamento de quem segue na direção oposta.

Os protótipos ainda camuflados mostram que o visual do novo Qashqai deverá adotar elementos do Juke. Os responsáveis da Nissan adiantam apenas que terá um aspeto mais musculado e dinâmico.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente