De V12 às emissões zero: todos os Bentley serão elétricos em 2030

Em dez anos, Bentley promete reinventar-se por completo

0 aos 100 06/11/2020 Noticias

Dos V12 aos motores elétricos em apenas 10 anos. A Bentley enfrenta a sua última década como marca de carros de combustão. A partir de 2030 todos os modelos serão puramente elétricos e antes, a partir de 2026, todos serão eletrificados (total ou parcialmente com tecnologia híbrida plug-in).

A decisão agora anunciada pela marca de Crewe, faz parte do plano "Beyond 100", que traça a estratégia do construtor a médio prazo e assinala o centenário do construtor britânico. Quando cumprir 110 anos, nenhum dos seus modelos terá vestígios dos combustíveis que a fez mover no primeiro século de vida.

A curto prazo, já em 2021 vai lançar dois novos modelos híbridos plug-in. Em 2023, toda a gama terá versões híbridas e, em 2025, chega o primeiro modelo “zero emissões” da marca de Crewe. Especula-se que esse modelo seja um SUV.

Veja ainda:

Tal como nos restantes fabricantes, a estratégia de descarbonização não se limitará apenas aos automóveis, mas também à linha de produção. A Bentley estabeleceu como meta a redução da sua pegada de carbono (e plásticos) em 75% (em comparação com os números de 2010) já em 2025 e de ser totalmente neutra em 2030.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ao volante do Hyundai Kauai Hybrid. Inteligência funcional
Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!